sábado, 3 de março de 2018

Meirelles afirma que Previdência será votada assim que possível



Meirelles defende cortes

                                            André Dusek/Estadão Conteúdo
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reiterou a necessidade de o governo reduzir despesas para que possa, futuramente, diminuir a carga tributária no País. Meirelles disse que essa agenda passa pelas reformas e que a da Previdência, por exemplo, será votada "tão logo seja possível". Com a intervenção na segurança no Rio de Janeiro, a Previdência saiu da pauta do Congresso.
Meirelles destacou ainda a importância da agenda da simplificação tributária e disse que um projeto será enviado ainda este ano ao Congresso. Outro projeto, para diminuir a burocratização, também está na mesa no governo, afirmou. "Antigamente se dizia: ou se acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil. Agora, é mais ou menos assim: ou o Brasil acaba com a burocracia ou a burocracia acaba com o Brasil", disse.
com informações de R7.com