terça-feira, 6 de março de 2018

Previdência: Brasileiro se aposenta mais cedo com medo de mudança

Resultado de imagem para Previdência
Brasileiros que se aposentaram por tempo de contribuição em 2017 eram mais jovens do que quem solicitou o benefício em 2016, segundo dados da Secretaria de Previdência.
Entre as mulheres, a idade média na concessão da aposentadoria caiu de 53,25 para 52,8 anos. Entre os homens, essa idade passou de 55,82 para 55,57 anos.
A idade média de aposentadoria no Brasil é menor do que entre os países-membros da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que é superior a 64 anos no caso de homens. Em 2017, o rombo no INSS atingiu o recorde de R$ 182,45 bilhões.
Segundo o secretário de Previdência, Marcelo Caetano, o problema não é apenas o recuo da idade mínima, mas o fato de que ela tem se mantido no mesmo patamar na última década. Isso indica que os trabalhadores não estão mais postergando o pedido de aposentadoria como esperava o governo com regras como o fator previdenciário (que reduz o valor do benefício quanto mais novo é o segurado) ou a fórmula 85/95 (que concede 100% do salário de contribuição a quem espera uma soma de idade e tempo de serviço). "Isso reforça a necessidade de se ter idade mínima de aposentadoria no Brasil", diz Caetano.
com informações de R7.com