segunda-feira, 21 de maio de 2018

Ciro Gomes dispara: Bolsonaro é o mais fácil de bater no 2ª turno,


Foto: Cleiton Thiele/Futura Press

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes, do PDT, usou palavras duras para atacar seu provável adversário da disputa, Jair Bolsonaro. Ele afirmou que “gostaria muito” de enfrentar Bolsonaro no segundo turno porque seria o candidato “mais fácil” de derrotar.
Ciro participou nesta segunda-feira da sabatina feita por UOL, Folha e SBT. Para ele, a eventual eleição de Bolsonaro seria “promessa certa de crise”, já que ele “nunca administrou um boteco dos pequenos”.
O pré-candidato também classificou como “soluções muito toscas” para “justas queixas” do povo. Ele declarou ainda que Bolsonaro promete um “banho de sangue” ao falar sobre distribuição de armas.

Reforma trabalhista e teto de gastos

Ciro prometeu ainda, se eleito, revogar as duas medidas. Ele ainda mandou um recado ao mercado de disse não ter tido “um dia de deficit” como governador, prefeito e ministro.
Para ele, a reforma trabalhista aprovada no governo Temer estimula a informalidade e prejudica a realização de uma reforma da Previdência.