sábado, 30 de junho de 2018

Moro impõe tornozeleira eletrônica para Dirceu





José Dirceu
Foto: futura Press

O juiz Sergio Moro assinou despacho nesta sexta-feira (29) impondo medidas cautelares ao ex-ministro José Dirceu, como o uso de tornozeleira eletrônica.
Na terça (26), a Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) concedeu liberdade para Dirceu, que estava preso desde maio, após o TRF-4 determinar a execução provisória da pena. O STF entendeu que o ex-ministro deve aguardar em liberdade o julgamento dos recursos nos tribunais superiores.
Moro proibiu Dirceu de deixar o país e determinou a entrega de seu passaporte. O ex-ministro deve comparecer na Justiça Federal em Curitiba (PR) até terça-feira (3) para colocar a tornozeleira eletrônica.
"Ademais, condenado José Dirceu de Oliveira e Silva a penas elevadas, a prudência recomenda-se o monitoramento eletrônico para proteger a aplicação da lei penal", escreveu o magistrado no despacho.
Em abril, o TRF-4 rejeitou recurso do ex-ministro e manteve sua condenação a 30 anos e nove meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

com informações de yahoonotícias