quinta-feira, 26 de julho de 2018

Palmeiras contrata Felipão para acabar com acomodação dos atletas

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press
“Nossos jogadores estão muito acomodados. Precisam levar umas porradas”. Foi com essa frase que um dirigente palmeirense justificou a contratação de Felipão como novo técnico. O anúncio ocorreu de forma oficial às 21h15 desta quinta-feira – o campeão mundial com a seleção brasileira em 2002 assinará contrato até dezembro de 2020.
Na avaliação do presidente Maurício Galiotte, um grupo importante de atletas do Verdão demosntrava pouca aplicação nos jogos e principalmente nos treinos. Durante a pausa para a Copa do Mundo, a diretoria fez tal alerta ao técnico Roger Machado e exigiu que ele fosse mais duro nas cobranças do dia a dia.
Além de a preguiça prosseguir nos jogos contra Santos, Atlético-MG e Fluminense, Galiotte e os demais dirigentes se revoltaram com o discurso de Roger Machado na coletiva do Maracanã. O gaúcho chegou a dizer que o time estava no caminho certo.
Felipão não era o plano A. Na madrugada de quarta para quinta-feira, Alexandre Mattos fez contato com Abel Braga e tentou convencê-lo a desistir da ideia de só voltar a trabalhar em janeiro de 2019. Não funcionou. A partir daí, decidiu-se que o perfil do próximo comandante precisaria ser de um medalhão com estilo disciplinador.
Antes de iniciar sua terceira passagem no Palestra Itália, Felipão curtirá mais uns dias de folga em Lisboa, capital portuguesa. 
com informações de yahoonotícias