quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Checagem: filho de Cabral mudou mesmo de nome para concorrer eleições?



  Foto: Reprodução/Instagram


Uma mensagem que circula em redes sociais e vem sendo compartilhada no whatsapp afirma que o filho de Sérgio Cabral, o deputado federal Marco Antônio Cabral (MDB), teria trocado o seu sobrenome para concorrer às eleições sem ser associado ao pai, preso há dois anos. A informação, no entanto, é falsa e foi desmentida pelo próprio candidato.
O filho do ex-governador do Rio de Janeiro não só não alterou o nome, como o manteve em sua campanha para se reeleger na Câmara dos Deputados. Em redes sociais, compartilhou, em mais de uma oportunidade, imagens declarando se tratar de “fake news” a informação de que teria tirado o sobrenome.
“Cuidado com as informações que recebem! Sempre confirmem antes de repassar. Nunca passou pela minha cabeça deixar de usar meu sobrenome, as pessoas não têm mais o que inventar! Reafirmo: não tenho vergonha do meu sobrenome. Meu pai teve grandes acertos na sua vida pública, mas cometeu erros que estão sendo reparados na Justiça. Quero ser julgado por quem eu sou e pelo meu trabalho! Seguimos na luta”, afirmou em postagem de sua conta oficial no Instagram.
Marco Antônio chegou a afirmar, inclusive, que pretende entrar na Justiça para conseguir punição aos responsáveis por espalhar a informação falsa: “Fui alvo e sei que serei alvo de notícias falsas e ataques na eleição. Não devo nada à justiça e tenho um trabalho realizado com muita seriedade e comprometimento nesses 4 anos.”
Sérgio Cabral está preso desde 17 de novembro de 2016 por corrupção e lavagem de dinheiro. Ele ainda é réu em 24 ações penais, muitas delas ligadas à Operação Lava Jato.
com informações de yahoonotícias