quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Parnamirim é pioneira na instalação de avançado sistema de videomonitoramento

O município parnamirinense vai contar, a partir de dezembro, com um sistema de videomonitoramento composto por 23 pontos de concentradores de câmeras, montados em pontos espalhados pela cidade. Na primeira fase, serão instaladas 18 câmeras em locais estratégicos, desde o início da Avenida Tenente Medeiros até a sede da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (SESDEM). Nesta quinta-feira (27), o prefeito Rosano Taveira assinou a ordem de serviço que instalará esse avançado sistema, como também, a ampliação da rede de fibra ótica que terá mais de 17 mil metros instalados. 

"Essa é a primeira parte das ações de segurança que estamos fazendo por Parnamirim. Ainda neste ano enviaremos para a Câmara Municipal de Vereadores de Parnamirim o projeto de implantação da Guarda Municipal", completou o prefeito. O projeto vai custar, em primeira fase, R$ 1,2 milhão de reais.

De acordo com a empresa responsável pela a instalação da rede de fibra ótica, Núcleo Tecnologia (Ceará), a previsão da conclusão da instalação é de 60 dias, dependendo da chegada do material pela a empresa fabricante. Há um ano e meio, o secretário adjunto do Grupo de Ciência, Tecnologia da Informação e Inovação (GCTI), Dario Medeiros, está à frente do projeto responsável por essa ampliação. "Parnamirim é uma das cidades pioneiras na implantação do sistema de videomonitoramento inteligente. O sistema que estamos instalando é muito avançado, o que vai possibilitar maior segurança aos cidadãos. Além disso, a rede de fibra ótica vai agilizar os processos entre as diversas secretarias", afirmou Dario Medeiros.

Na assinatura da ordem de serviço também participaram o Vereador Irani Guedes, Presidente da Câmara Municpal, o titular da SESDEM, Marcondes Pinheiro, e da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Saneamento Básico (SEMOP), Albérico Júnior. "Esse é um compromisso da gestão com o povo parnamirinense", afirmou Marcondes Pinheiro.
Rede Ótica Metropolitana
A construção da rede de ótica passiva, interligando a existente (com 11 mil metros - da Maternidade Divino Amor ao Centro Administrativo Aluízio Alves), formada por backbones de 24 fibras monomodo, interligando oito equipamentos públicos da Prefeitura. 
Rede GPON para videomonitoramento
Construção da rede ótica, baseado em tecnologia GEPON, para interligação de 23 pontos de videomonitoramento, dotados de gabinetes outdoor e concentradores de câmeras, localizados em pontos estratégicos do município incluindo toda a infraestrutura lógica e elétrica, necessária para seu perfeito funcionamento.