quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Sem previsão de deixar UTI, Bolsonaro apresenta evolução após cirurgia




O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), apresenta um quadro de evolução clínica estável na noite desta quinta-feira (13) enquanto se recupera da cirrurgia de emergencia realizada na noite de ontem  , segundo boletim divulgado pelo hospital Albert Einstein por volta de 19h. No entanto, ainda não há previsão para que ele deixe a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Segundo o documento, ele não apresentou dor, febre ou sinais de infecção, mas permanece alimentado por meio de sondas e com visitas restritas. Mais cedo, o filho do capitão da reserva, o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), disse que  o quadro de "saude do seu pai e muito grave"
No boletim divulgado esta manhã, o primeiro desde o procedimento de ontem, a equipe médica que atende o capitão da reserva afirmou que ele evoluiu bem apoisa cirurgia,  sem intercorrencias".
Na operação desta quarta, à qual o candidato do PSL foi submetido às pressas, foram retiradas aderências que obstruíram o intestino delgado do presidenciável e corrigida uma fístula surgida em uma da suturas feitas na primeira cirurgia a que ele foi submetido em Juiz de Fora (MG), logo após o atentado sofrido em um ato de campanha, no dia 06/09.
Confira na íntegra o boletim sobre a situação de saúde de Bolsonaro, divulgado esta noite:
O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade de
Terapia Intensiva (UTI), apresentando uma evolução clínica estável após o procedimento cirúrgico
realizado na noite desta quarta-feira, 12.
Está recebendo analgésicos para controle de dor e não apresentou sangramentos ou outras
complicações após o procedimento. Permanece afebril, sem sinais de infecção e com função renal
normal.
Se mantém em jejum oral e com alimentação parenteral (endovenosa) exclusiva. Ainda não há
previsão de alta da UTI.
Por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas e somente a pessoas autorizadas pela
família.
Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião
Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista
Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein

com informações de yahoonotícias