terça-feira, 2 de outubro de 2018

Projeto anual trabalha o sentido da vida com alunos da rede Municipal

Qual o sentido da vida? A resposta pode estar nos trabalhos apresentados por  cerca de 900 alunos da Escola Municipal Augusto Severo, no bairro Centro, que vivenciam neste mês, a conclusão de um projeto interdisciplinar e anual realizado há cinco anos, que nesta edição provoca a comunidade escolar com esta inquietante pergunta.

"Cada aluno trouxe como resposta vários temas que estão sendo trabalhados desde a semana pedagógica realizada no início do ano, com os professores mediadores do projeto em sala de aula, utilizando encontros presenciais e a Educação a Distância", disse Eliza Brito, diretora da Escola Augusto Severo.

Iluminado por uma bela manhã de sol, o pátio da Escola Augusto Severo reuniu familiares e visitantes para companhar a conclusão do projeto pelos alunos do turno matutino, que tratou de temas como pervenção à violência, preconceito, bullying e suicídio e fez referência a líderes espirituais e sociais que contribuíram para dar maior sentido à vida na história da humanidade.

"Aprendi sobre Gandhi e sua cultura de paz", disse Eliemerson Davi, do 6º Ano. Seu pai, Elieser Varela, foi ver de perto o trabalho do filho. "Esse momento é muito importante para as famílias. Parabéns à escola por abrir os portões para tratar deste tema tão interessante, o evento está muito bom", disse o pai de Eliemerson.

A turma da Escola Augusto Severo soltou o gogó com a cantora Clara Menezes e o trio Família Pádua, composto pelo flautista João Vítor, a percussionista Roberta Karen e o violonista Antônio de Pádua. E celebraram a pureza da resposta das crianças: "É a vida, é bonita e é bonita", como nos célebres versos de Gonzaguinha.

De acordo com Júlio Araújo, Coordenador Pedagógico da SEMEC, o projeto "O Sentido da Vida" está de acordo com a Base Nacional Comum Curricular. "Das dez competências da BNCC, cinco têm a ver com esta educação humanística, o resgate dos valores essenciais ao desenvolvimento das pessoas, favorecendo o autoconhecimento e as relações interpessoais", disse.

A Coordenadora Pedagógica da Escola Augusto Severo, Profa. Zenaide Melo, explicou que em anos anteriores, o projeto tratou de temas como  esporte, alimentação, qualidade de vida, descobertas e invenções que tornaram o mundo melhor e a história do amor.

O projeto "O Sentido da Vida" está sendo celebrado em três momentos: hoje, 2, para os alunos do turno matutino; na terça, dia 9 para os alunos do turno vespertino; e na quarta-feira, dia 10, para os alunos do período noturno que estudam na Educação de Jovens e Adultos.