sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Dirigente do Cruzeiro chama empresário de Arrascaeta de bandido

  Foto: Buda Mendes/Getty Images
A novela da possível transferência de Giorgian De Arrascaeta para o Flamengo continua o que dando o que falar em Belo Horizonte. Nesta sexta (4), além do Cruzeiro publicar uma nota sobre o assunto, o vice-presidente do clube Itair Machado deu uma entrevista chamando o empresário do uruguaio, Daniel Fonseca, de bandido.
Itair participou do programa Expediente Futebol, do canal Fox Sports, e não poupou nenhuma palavra ao falar de Fonseca.
“Os jogadores deixaram ele, inclusive o Latorre que ele casou com a venda do Arrascaeta. Ele quebrou, tá endividado no país dele, só tem o Arrascaeta, e hoje chegou a informação de que ele está sendo despejado de uma casa que ele tem lá”, afirmou o dirigente.
Machado também acusou Fonseca de usar o Defensor, clube uruguaio que tem 50% de Arrascaeta, como laranja e que ele alegou estar perdendo 7 milhões de euros na negociação.
O vice-presidente ainda falou sobre a primeira reunião que deve com Fonseca depois da proposta. O empresário teria ameaçado o Cruzeiro, falado que iria na Justiça e que o clube deve e não paga. Itair afirma ter convidado Arrascaeta para negociar um aumento de salário e que o agente não teria deixado o papo correr, voltando nos assuntos anteriores antes de retirar o atleta da sala de reuniões.
“Ele está tentando usar a Justiça do Trabalho e publicamos uma nota mostrando para a Justiça do Trabalho que nossa lei não pode ser refém de um bandido que está dominando a mente do jogador”, disse Machado. “O que quero passar para a nossa torcida é que nosso jogador está sendo refém.”
O presidente do Cruzeiro chegou a sugerir que a Fox Sports conversasse com o atacante do Barcelona e da seleção uruguaia, Luis Suárez sobre o assunto. “Vocês podiam ligar para o Suarez, ia dar uma boa matéria. Pergunta para ele quem é esse sujeito.”