quarta-feira, 27 de março de 2019

Gestores e empresários debatem desenvolvimento do turismo no litoral

Debater o desenvolvimento econômico e turístico do litoral parnamirinense. Este foi o foco do Seminário Senac realizado na manhã desta quarta-feira (27) no Hotel Village do Sol, em Pirangi. 

O evento, uma parceria entre a Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Finanças, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seplaf), Fecomércio e Senac/RN, reuniu representantes do setor privado, do setor público e da sociedade civil organizada.

A iniciativa faz parte do programa de “Reordenamento da Cadeia Produtiva do Turismo”, no âmbito da região litorânea de Parnamirim, especialmente da praia de Pirangi do Norte e visa apresentar as ferramentas necessárias para um programa de desenvolvimento econômico local.

De acordo com o secretário Giovane Júnior, a ideia inicial do seminário foi fazer um diagnóstico da realidade turística do litoral (Pium, Cotovelo e Pirangi) para que se possa melhor compreender quais as dificuldades, os gargalos e sabendo disso, traças as ações que poderão ser realizadas no futuro para resolver a maioria desses problemas.

“Iniciamos e importante debate e levantamos grandes discussões para tentarmos chegar a esse diagnóstico e assim de forma proativa chegarmos a esse futuro”, destacou o titular da Seplaf.

Para Estácio Alexandre de Alencar Guimarães, assessor do Senac/RN, o debate parte de uma proposta de reordenamento de toda a cadeia produtiva do turismo, especialmente para Pirangi. 

“Esse reordenamento insere todos principais eixos deste contexto, que são ambulantes, empresários e a sociedade, direcionando isso para o desenvolvimento maior da atividade do turismo”, explicou.

Roberto Bezerra, diretor da Destak Promoções, ligada ao ramo de eventos destacou a importância do debate por apresentar ideias que venham a solucionar questões importantes para o desenvolvimento do turismo.

“Vale parabenizar a prefeitura pelo empenho em buscar soluções de longo prazo. Acho muito importante que a prefeitura de Parnamirim tenha essa preocupação de pensar Pirangi daqui a 20 anos”, destacou.