segunda-feira, 20 de maio de 2019

Tricampeão da F1, Niki Lauda morre aos 70 anos

Foto : Luca Bruno
Um dos principais nomes da história da Fórmula 1, o austríaco Niki Lauda morreu nesta segunda (20) aos 70 anos de idade.
“Com profunda tristeza, anunciamos que nosso amado Niki morreu pacificamente com sua família na segunda-feira, 20 de maio de 2013. Suas realizações únicas como atleta e empreendedor são e permanecerão inesquecíveis; seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecem um modelo e uma referência para todos nós. 
Era um marido amoroso e atencioso, pai e avô longe do público, que sentirá sua falta”, diz o comunicado da família Lauda.
No início do ano, Lauda foi internado para tratar de uma gripe forte após fazer um transplante de pulmão. No início desta segunda foi relevado que o ex-piloto foi internado em uma clínica na Suíça por causa de problemas renais e estaria passando por diálise.
“Por problemas renais, ele precisou ser transferido do centro de habilitação para uma clínica privada para fazer diálise. O Niki [Lauda] está progredindo, mas segue na Suíça”, disse o irmão de Niki, Florian Lauda, ao jornal austríaco ‘OE24’.
Lauda conquistou três títulos na Fórmula 1 (1975, 1977 e 1984) e é o único piloto da história a ser campeão com Ferrari e McLaren, as duas escuderias mais importantes da categoria.

com informações de yahoonotícias