terça-feira, 16 de julho de 2019

Caixa Econômica posta vídeo com marchinha ironizando indicação de Eduardo

Foto: Sergio LIMA / AFP
A Caixa Econômica Federal postou, na segunda-feira (15), um vídeo que ironiza a intenção do presidente Jair Bolsonaro em indicar seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.
A postagem, já removida pela entidade, foi ao ar por volta das 22h desta segunda na conta oficial da CEF no Twitter.
O texto da publicação trazia informações sobre um programa de incentivo a cultura e empreendedorismo. “O #CaixaMaisBrasil esteve no Rio de Janeiro para conhecer os projetos apoiados pelo banco, como o empreendimento imobiliário Ilha Puram, a Orquestra Sinfônica de Mulheres do Rio de Janeiro e o novo sistema de abastecimento de águas na Baixada Fluminense. Assista ao vídeo!”, dizia o texto.
O vídeo anexado, no entanto, era uma paródia de marchinha de carnaval, produzida pelo quadro “Isso a Globo Não Mostra” do programa Fantástico, da TV Globo.
O tuíte foi apagado minutos depois, mas chegou a ser captado e gravado por alguns seguidores.
Abaixo, o vídeo da marchinha original publicada pela Globo.

OUTRO LADO

Procurada pelo portal UOL, a Caixa afirmou que o está apurando o ocorrido e que o vídeo foi retirado do ar em poucos minutos. O banco não informou, no entanto, se o vídeo foi postado por alguém de sua equipe, intencionalmente ou não, ou por terceiros.