quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Sindsaúde faz protesto contra fechamento do Hospital Ruy Pereira

| |
Segundo o sindicato, a manifestação é em decorrência da situação precária da unidade de saúde, que é referência no estado em cirurgias vasculares e no tratamento de doenças originadas pela diabetes
O Sindicato dos Servidores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN) realizou, na manhã desta quarta-feira, 16, um ato contra o fechamento do Hospital Ruy Pereira. O protesto aconteceu em frente à unidade, fechando o acesso da Rua Coronel Joaquim Manoel, em Petrópolis.
Segundo o sindicato, a manifestação é em decorrência da situação precária da unidade de saúde, que é referência no estado em cirurgias vasculares e no tratamento de doenças originadas pela diabetes. Atualmente, o estado tem cerca de 280 mil pacientes diabéticos dependem do atendimento do SUS.
A organização afirmou que o fechamento do hospital prejudicaria a população, já que o Governo não faz os investimentos necessários, além de sobrecarregar os servidores. O Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed/RN) também participou do protesto.
Transferências
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e a direção do Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol) estão com uma reunião marcada para esta quinta-feira, 17. O objetivo é discutir uma parceria entre a secretaria e a unidade de saúde, para o redirecionamento de parte da demanda do Hospital Ruy Pereira. Amanhã também chega ao fim o prazo que foi solicitado pelo Estado, ao Ministério da Saúde, para mostrar um plano de transferência dos 61 pacientes que se encontram internados no hospital.
Na última quinta-feira, a secretaria se reuniu com o Ministério Público do RN (MPRN), Defensoria Pública e Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Norte (Cremern), a fim de discutir soluções para remanejamento dos pacientes após o fechamento do hospital.

com informações de do agorarn.com