domingo, 22 de dezembro de 2019

Quem topa ? Carne de laboratório e insetos desafiarão proteína vegetal

| |
Foto: Reuters
Estão sendo desenvolvidas alternativas de proteínas baseadas em células, mas o preço é o principal obstáculo impedindo a entrada no mercado de massa, segundo a firma de pesquisa. A carne de laboratório também permite cortes específicos, mais difíceis de sintetizar nas versões à base de plantas, acrescentou.


“Eles oferecem uma solução para a sustentabilidade alimentar e para preocupações ambientais”, escreveu a Fitch Solutions em relatório divulgado em 19 de dezembro. E ao contrário das alternativas baseadas em plantas, “não precisam sintetizar sabor e textura porque são carne”.

Insetos já fazem parte da dieta em alguns países e há potencial de expansão. “Vimos o lançamento de produtos de insetos em países onde tradicionalmente não são consumidos, especialmente no segmento de salgadinhos”, informou a Fitch Solutions.

No caso da “carne” vegetal, a firma de pesquisas lista como entraves a saturação do mercado, a intensificação regulatória e questões sobre procedência e impacto na saúde. As americanas Beyond Meat e Impossible Burger estão fazendo sucesso no segmento de carne falsa e mais e mais negócios tentam se posicionar diante das preocupações dos consumidores com saúde, meio ambiente e bem-estar animal.

O uso de ingredientes transgênicos em alguns produtos vegetais pode causar reações negativas e a maior concentração de sal é outra preocupação em alguns casos, segundo a Fitch Solutions. A firma vê a possibilidade de aceleração das fusões e aquisições no ramo no médio prazo.
com informações de yahoonotícias