segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Itália confirma 5ª morte por coronavírus e 219 casos de infecção

Turistas usam máscaras de proteção contra coronavírus na Itália

O chefe do Departamento de Proteção Civil e extraordinário comissário de emergência da Itália, Angelo Borelli, anunciou a quinta vítima de coronavírus na Itália. As informações são do jornal La Republica. Além da 5ª morte, há 219 de pessoas infectadas.

A morte recentemente registrada ocorreu em Casselle Landi, na região da Lombardia. A vítima foi um homem de 88 anos. Em todos os casos, as vítimas são idosos com quadros clínicos comprometidos. Angelo Borelli explicou que há 167 infecções confirmadas na Lombardia somados a 27 casos na região de Veneto, 18 em Emilia Romagna, quatro no Piemonte e três em Lazio.

Dos 219 casos confirmados, 99 estão hospitalizados com sintomas do coronavírus, 23 estão em condições mais graves, em terapia intensiva e 91 não apresentam sintomas e estão isolados em casa.
A Itália é o terceiro país do mundo em termos de números de infecções, depois da China e da Coreia do Sul. 

O primeiro-ministro Giuseppe Conte, ao comentar as medidas extraordinárias lançadas pelo governo (o decreto foi assinado no domingo pelo presidente Mattarella), disse que o número de infecções pode aumentar. "A Itália interveio com medidas exigentes, há segurança e você pode vir com segurança".
Toque de recolher e alerta global
Os alertas mundiais sobre coronavírus entraram em um novo patamar nas últimas 48 horas, com mais relatos fora da China, toques de recolher e fechamento de fronteira. "O Covid-19 (nome técnico do novo coronavírus) já põe em risco a economia mundial" disse no domingo Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional, na reunião do G-20.

com informações do R7.com