terça-feira, 10 de março de 2020

Acusados de matar Marielle irão a júri popular

| |
GETTY IMAGES
A Justiça do Rio de Janeiro decidiu nesta terça-feira (10) que Ronnie Lessa e Elcio Vieira de Queiroz, acusados de matar a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) em 2018 serão irão a júri popular.


"O embate entre a tese ministerial (do Ministério Público) e as defensivas deve ser decidido pelo Tribunal Popular", escreveu o juiz Gustavo Gomes Kalil. A decisão acontece poucos dias antes de o crime completar dois anos, no próximo sábado (14).


As defesas, no entanto, devem recorrer. Responsável por representar Élcio, o advogado Henrique Telles afirmou ao portal G1 que ele e outros profissionais estão estudando a sentença e irão recorrer"Estamos analisando a sentença e vamos recorrer. Eu e o meu grupo de advogados, estamos analisando, examinando [a sentença]. A nossa contrariedade é com a pronúncia. Não há prova contra o meu cliente", afirmou o advogado.