domingo, 29 de março de 2020

O ser humano é assim mesmo!!! Xuxa desabafa:'Se não ajudo, criticam. Se ajudo, quero aparecer'

| |
Xuxa fala da relação com Luciano Szafir: 'Não queria morrer ao ...
Em meio à pandemia, Xuxa completou 57 anos, na sexta-feira. “Mas não tinha clima para comemorações”, observa a loura, que doou R$ 1 milhão ao Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de sua empresa de depilação, a Espaçolaser, para ajudar no combate à Covid-19. Foi a primeira celebridade brasileira a fazer algo do tipo — pelo menos publicamente, seguindo os passos de Blake Lively e Rihanna, que lá fora doaram, respectivamente, US$ 1 milhão e US$ 5 milhões.

Em pouco mais de uma hora de entrevista por telefone, a apresentadora reflete sobre a crise de saúde, defende o veganismo e se mantém em cima do muro ao falar sobre política. 

O GLOBO: Você doou R$ 1 milhão ao SUS por meio da empresa de depilação da qual é sócia. O que queria mostrar com isso?

XUXA: A ideia não era mostrar nada. Quis só ajudar mesmo. O ponto não é dar dinheiro, é doar sem esperar receber nada em troca, sem interesses. Com a empresa Baruel, que licencia os produtos da Xuxinha, consegui 300 mil sabonetes; a metade foi para São Paulo e a outra parte foi distribuída nas favelas cariocas. Minha intenção é simplesmente fazer.

Decidi ser uma pessoa pública aos 16 anos e sou criticada desde então. Se não ajudo, criticam. Se ajudo, quero aparecer. É bastante difícil viver nesse mundo sem ter uma resposta positiva. É uma pena. Estamos muito negativos.

O que tem achado das ações do poder público diante dessa pandemia?
Ouço o governador do Rio (Wilson Witzel) falando algumas coisas; nosso presidente (Jair Bolsonaro), outras, que a gente gostaria que ele não tivesse dito. Uns dizem que é só uma “gripezinha”, outros que não devemos tratar a Covid-19 como tal. Estão circulando muitas informações por aí, e qualquer posicionamento que eu venha ter agora pode soar leviano ou injusto. Só acho que os políticos deveriam estar mais preparados para se comunicar com o público.

Está acompanhando shows e lives que os artistas têm transmitido pelas redes sociais para entreter o público durante a quarentena?
Tem muita gente com boa intenção, e tem uma galera querendo aparecer. Cada um acha que sua opinião é mais importante do que a do outro. Não sei se estou um pouco descrente dos seres humanos... Mas se vejo alguém falando algo sério e pertinente, compartilho. Aliás, temos que bater muita palma para os profissionais de saúde que estão na linha de frente. Já escutei médicos e enfermeiros dizendo que estariam nessa missão ainda que não fosse obrigação.
com informações de yahoonotícias