quinta-feira, 16 de julho de 2020

Obras do Teatro Alberto Maranhão atingem quase 50% de execução

| |
O Teatro Alberto Maranhão (TAM) está cada dia mais perto de ter suas portas reabertas ao público. As obras de restauro e recuperação seguem em ritmo acelerado e já atingiram quase 50% de execução. A previsão é que até o final do ano o processo seja concluído. O investimento do Governo do Estado é de R$ 9,6 milhões em obras e equipamentos, com recursos do Banco Mundial.

Esta é uma das maiores e mais cuidadosas reformas feitas desde sua inauguração, em março de 1904. O restauro capitaneado pelo Governo por meio do projeto Governo Cidadão e Secretaria de Turismo pela primeira vez conta com a fiscalização do Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan).

Todos os elementos estão em recuperação para devolver suas características históricas e arquitetônicas originais. As fachadas têm uma importante recuperação nos adornos e paredes, com direcionamento, inclusive, do traço de argamassa que deve ser utilizado pela construtora responsável, a Ramalho Moreira.

Para se adaptar ao cenário de pandemia do novo coronavírus, a empresa firmou um termo de compromisso com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e do Governo Cidadão, assumindo a responsabilidade de adotar todas as medidas suficientes à manutenção da integridade da saúde dos seus colaboradores e de terceiros que possam ser envolvidos e atingidos pelas obras, de modo a não atrasar o cronograma da restauração.

A intervenção abrange desde a renovação das estruturas elétricas, hidráulicas e de acessibilidade do espaço, até a climatização e paisagismo, reestruturação do palco e camarins, passando ainda por ações de combate a incêndio e implementação de sistema de esgoto.