segunda-feira, 20 de julho de 2020

Sistema de água em São Miguel é inaugurado pela governadora em evento virtual

| |
Cm um custo considerado baixo para a grandiosidade da obra - que está levando água potável, tratada e abundante para a população de São Miguel, cidade situada na região do Alto Oeste potiguar - o Governo do RN através da Companhia de Água e Esgotos (Caern) investiu R$ 3 milhões e reativou o abastecimento para os 24 mil micaelenses. A obra foi entregue oficialmente neste sábado (18) em solenidade virtual, que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra, acompanhada da equipe de governo e de lideranças políticas e transmissão feita pela rádio Difusora local.

“Hoje o meu boa tarde vai mais do que especial para a população de São Miguel, que há mais de seis anos amargava a falta de água em suas torneiras. A água que é um bem imperativo para a sobrevivência, é um bem ativo para o desenvolvimento econômico. Eu fui eleita para trabalhar, para garantir o bem estar da população potiguar e estaria sendo omissa se eu não buscasse solução para um problema como a falta de água em São Miguel”, enfatizou a governadora Fátima Bezerra. 

Para a efetivação da obra, ela evidenciou o empenho do presidente da Caern, Roberto Linhares e de toda a sua equipe, e da bancada federal e estadual, através do senador Jean Paul Prates, da senadora Zenaide Maia, da deputada estadual Isolda Dantas, do deputado Francisco do PT e em especial ao deputado estadual Raimundo Fernandes, natural daquela cidade que é situada na região chamada de “tromba do elefante”.

Ela destacou que a Caern, por meio do presidente e dos técnicos, não mediu esforços para dar celeridade a essa obra. “Quero expressar aqui toda a minha gratidão às pessoas que se esforçaram para fazer desse sonho uma realidade. Como eu sou muito disciplinada, e tenho que dar exemplo, não posso estar em São Miguel, mas a saudade é imensa e eu gostaria de estar aí com vocês comemorando o inverno”, frisou.

A chefe do Executivo estadual relembrou outros investimentos relacionados à segurança hídrica naquela região, como foi o caso da adutora de Pilões, cuja obra inaugurada em 2019 possibilitou a reativação do sistema de abastecimento. O próximo passo agora será a cidade de Paraná, que também sofre com o colapso de falta de água.

“A Caern que dava prejuízo ficou para trás, agora é uma empresa que dá lucro. E esse lucro serve para voltar ao povo em forma de benefícios, porque nós temos esse compromisso irrenunciável com o povo potiguar”, afirmou Fátima. Ao encerrar sua participação, ela falou do Programa de Conservação de Rodovias Estaduais 2020, em que serão investidos R$ 17 milhões para fazer serviços de manutenção em 90% da malha viária do Rio Grande do Norte.

O presidente da Caern Roberto Sérgio falou que a obra de reativação do abastecimento de água em São Miguel – que está em fase de testes – é motivo de muita satisfação para a companhia. “Para nós, é menos um município em colapso. Com certeza a governadora está mais feliz do que qualquer um de nós, porque como eu, que também sou do sertão, ela sabe a importância que a água tem em municípios que sofrem com a estiagem”, destacou.

Ele explicou que devido aos reparos na rede, que estava há muitos anos sem receber água nas torneiras, tanto os escritórios regionais, quanto a sede da Caern, em Natal, estão à disposição para oferecer toda a assistência que a população precisar.

Gerente regional da Caern no Oeste, Odair Rego também estava presente à live de inauguração da obra e destacou o empenho de toda a equipe. “Como estamos aqui no dia a dia, é com muita satisfação que vemos a expressão de felicidade dos munícipes. Essa obra é o resultado de dias e dias de trabalho incansável, e com muito esforço estamos entregando a retomada desse serviço tão importante para o ser humano”, acrescentou.