terça-feira, 22 de setembro de 2020

Bolsonaro diz que Brasil trata crime ambiental com 'tolerância zero'

| |

 


O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na manhã desta terça-feira (22), que o Brasil trata crimes ambientais com "tolerância zero". 

O presidente fez declaração na abertura da 75ª Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas). Por tradição, o Brasil abre o evento.

Bolsonaro disse que a propagação de fogo dentro das florestas brasileiras não é possível e explicou que os focos de incêndios acontecem sempre nos mesmos lugares. 

"Nossa floresta é úmida e não permite a propagação do fogo em seu interior. Os incêndios acontecem praticamente nos mesmos lugares, no entorno leste da floresta, onde o caboclo e o índio [que habitam a região] queimam os seus roçados em busca de sobrevivência, em áreas já desmatadas", argumentou.

O presidente também disse que focos criminosos são combatidos com "rigor e determinação" e que a política do governo federal é de "tolerância zero com o crime ambiental". 

"Somos vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e Pantanal", afirmou Bolsonaro em mensagem gravada e exibida no telão do evento. Segundo o presidente, o país é líder na conservação de florestas tropicais. 

com informações do R7.com