quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Estado retoma restauração do Forte dos Reis Magos

| |
 

Depois de um longo período de tratativas para a retomada da restauração do Forte dos Reis Magos, um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) foi acordado entre o Governo Estado e o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado do RN (MPjTCE/RN) nesta terça-feira (08). A ordem de serviço será dada nos próximos dias, após ser feito o aditivo ao contrato.

A fortaleza teve a primeira ordem de serviço assinada em setembro de 2018, sob o investimento de R$ 3.965.280,20, a partir de recursos viabilizados junto ao Banco Mundial, por meio do Governo Cidadão. Enfrentando paralisações causadas por erros de projeto e atraso na entrega dos serviços por parte da empresa executora, foi necessário prorrogar o prazo de vigência do contrato por duas vezes. 

Dessa maneira, o TAG chega como a solução para esses entraves para que a obra seja entregue aos potiguares.“Enfrentamos muitas demandas para que as obras neste governo fossem mantidas ou retomadas. Agora, a partir do empenho de nossas equipes podemos dizer que essa obra do Forte tem data para ser entregue ao povo do Rio Grande do Norte”, disse a governadora Fátima Bezerra, assegurando que, independente de quando a obra começou, sua finalização deve ser assegurada.

O TAG possibilitará a continuidade da execução da obra e, após a celebração do aditivo ao contrato, a PS Engenharia LTDA terá 8 meses de prazo, a partir do reinício da obra, para sua conclusão. O investimento vai viabilizar a reforma em estruturas essenciais, como piso, teto e na acessibilidade, com a colocação de corrimãos nas escadarias e readequação das salas de exposição e lojas de souvenires.