segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Modelo ressignificou a categoria com uma experiência para os sedans

| |

 BRASILIA, BRAZIL - SEPTEMBER 10: The new Supreme Court President Luiz Fux reacts during his swearing-in ceremony amidst the coronavirus (COVID-19) pandemic at the  on September 10, 2020 in Brasilia. Brazil has over 4.197,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 128,539 deaths. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)

Fux está bem e decidiu buscar serviço médico após aumento da temperatura corporal. (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

O ministro Luiz Fux, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), testou positivo para a Covid-19, nesta segunda-feira (14). A informação partiu da assessoria de imprensa do próprio STF, que confirmou o diagnóstico pela doença provocada pelo novo coronavírus.

Fux, de acordo com a assessoria, não apresenta mal estar e procurou atendimento médico após ter apresentado aumento da temperatura corporal. O presidente do STF ficará em isolamento pelos próximos 10 dias, segundo a assessoria do STF, e seguirá os protocolos de saúde.

A suspeita é de que o ministro possa ter contraído o novo coronavírus em almoço de confraternização familiar no último sábado (12). 

O ministro do STF está no Rio de Janeiro e tinha agendada uma sessão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), do qual também é presidente, prevista para esta terça (15). O compromisso, a princípio, deverá ser cancelado.

Já a sessão ordinária do STF, agendada para esta quarta-feira (16), está mantida na agenda e o ministro deverá comandá-la por videoconferência.

POSSE NA PRESIDÊNCIA DO STF

Na última quinta-feira (10), o Fux tomou posse como presidente do STF para o biênio 2020-2022. Na cerimônia, a ministra Rosa Weber assumiu a cadeira da vice-presidência.

A cerimônia aconteceu presencialmente no Plenário da corte, que foi adaptado com divisórias de acrílico entre os ministros. A maioria dos ministros compareceu, com exceção dos ministros Celso de Mello, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, que acompanharam por videoconferência.

com informações de yahoonotícias