sábado, 31 de outubro de 2020

Sean Connery, intérprete de James Bond, morre aos 90 anos

| |

 

Foto: Gabe Ginsberg/Getty Images

O ator escocês Sean Connery, que deu vida ao famoso agente James Bond no cinema, morreu aos 90 anos. A informação foi anunciada pelo site da BBC, que falou com a família do artista. Ainda segundo os familiares, o astro morreu nesta madrugada durante o sono, nas Bahamas.

Connery foi o primeiro intérprete do personagem na telona e estrelou sete das aventuras do 007, além de filmes de sucesso como Indiana Jones e a Última Cruzada, O Nome da Rosa, Caçada ao Outubro Vermelho e A Rocha.

O ator construiu uma carreira premiada no cinema, com um Oscar, dois Baftas e três Globos de Ouro. Connery ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1988 por seu papel como policial irlandês em “Os Intocáveis". Connery foi considerado por especialistas e até por pesquisas públicas como o melhor ator a interpretar o 007 na história da longa e renomada franquia.

O ator nasceu em Edimburgo, na Escócia, em 1930, e atuou em seu primeiro filme chamado "Lilacs in the spring", de 1954. No ano 2000, Connery foi condecorado Cavalheiro do Império Britânico pela rainha Elizabeth II e recebeu o título de 'Sir'

O ator estava afastado do cinema há quase duas décadas. O último trabalho de Connery foi a animação "Sir Billi", lançada em 2012, no qual o astro atuou na dublagem do protagonista e depois voltou ao seu retiro no Caribe ao lado da esposa Micheline Roqueburne, com quem estava junto há 45 anos.

com informações de yahoonotícias