terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Natal é destaque entre cidades brasileiras que mais vacinaram a população contra a Covid-19

| |


Natal aplicou 23.800 vacinas nesta primeira fase da campanha de imunização contra a Covid-19, finalizando em 10 dias — de forma ágil, organizada e eficiente — o quantitativo de doses disponibilizado pelo Ministério da Saúde. A média de vacinação em Natal, alcançando a 2,62% da população, está acima dos índices nacionais e equivale ao dobro do registrado em todo o Rio Grande do Norte (1,35%). A Prefeitura agora aguarda o envio de mais vacinas para dar continuidade ao trabalho de imunização na cidade.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, celebra a marca que colocou o Município em um posição de destaque no cenário nacional entre as capitais que mais vacinou a sua população. Ele enaltece o trabalho integrado desenvolvido pela gestão municipal, que contou com a participação de mais de 1.000 profissionais de diversas áre.as.

“O número de vacinados contra a Covid-19 em Natal (2,62%) está acima da média nacional e é o dobro do contabilizado no Estado (1,35%), proporcionalmente à população. Isso mostra que estamos fazendo a nossa parte com eficiência, em toda a logística de aplicação. Não mediremos esforços para salvar vidas. Agora, vamos intensificar as tratativas junto ao Ministério da Saúde para que envie o mais rápido possível novas doses paras avançarmos ainda mais com esse trabalho”, destaca o prefeito.

Para atingir o objetivo de vacinar o maior número de pessoas em um curto intervalo de tempo, a Prefeitura adotou o sistema de drive-thru. Quatro pontos foram montados (Arena das Dunas, Shopping Via Direta, Ginásio Nélio Dias e Palácio dos Esportes), priorizando a aplicação em profissionais da saúde que estão na linha de frente do enfrentamento à doença, bem como de idosos residentes em abrigos de longa permanência. Com o aumento da demanda e a ampliação do grupo de profissionais da saúde com direito a se vacinar, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) decidiu abrir novos pontos de vacinação e disponibilizou 28 salas em unidades de saúde espalhadas pelas quatro regiões administrativas da capital potiguar.