segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Recursos das infrações de trânsito em Natal são aplicados em diversas obras

| |

 


Um conjunto de obras e realizações coordenado pela Prefeitura de Natal está trazendo avanços nas questões de mobilidade urbana, acessibilidade e mudando a feição de diversas regiões da capital potiguar. As intervenções vão desde a requalificação de ruas, implementação de estacionamentos, melhorias em calçadas, reforma de passarelas e terminais de transporte público. Tudo com o objetivo de oferecer mais conforto, segurança e comodidade para pedestres, usuários do transporte público e motoristas.

Dentre essas obras que são tocadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), com recursos oriundos das infrações de trânsito, duas já foram concluídas e estão beneficiando os moradores da Zona Norte de Natal. A primeira foi a reforma do Terminal de Integração do Soledade II. O local foi totalmente recuperado com troca dos gradis, melhorias na cobertura do prédio, pintura, revisão dos projetos elétrico e hidráulico, sinalização e ampliação da acessibilidade. O investimento foi de R$ 851 mil. Ainda na região, mas no conjunto Parque das Dunas, a gestão municipal construiu as calçadas no entorno do Santuário Nossa Senhora de Fátima. Nessa obra, foram empregados R$ 192 mil.

Tem muito serviço também na Zona Sul. Destaque para a requalificação viária da avenida Praia de Ponta Negra. O projeto consiste na reestruturação da via, com o alargamento das calçadas, implantação de acessibilidade, melhoria nas vagas de estacionamento, arborização e construção de ciclovia. Os trabalhos estão em franca execução e os investimentos giram em torno R$ 1,8 milhão.

Esse é mais um projeto executado pela gestão municipal que visa priorizar os pedestres, destaca o prefeito Álvaro Dias. “Natal segue a tendência da mobilidade urbana adotada no mundo inteiro de ampliar os espaços para uso dos pedestres. É importante destacar ainda que haverá circulação de veículos na via, uma vez que temos muitas residências, comércios, restaurantes e bares na região, mas o calçadão que construiremos vai trazer uma melhor dinâmica para o local e atrairá um grande número de adeptos de caminhadas e corridas, bem como será importante para a convivência em geral”, aponta Álvaro Dias.

Outra intervenção que vai trazer muitos benefícios para a cidade está sendo realizada no Bosque das Mangueiras, em Lagoa Nova. Ali, a Prefeitura executa a recuperação do espaço, investindo na reforma das calçadas e da ciclovia. Também estão sendo executadas melhorias nas passarelas da avenida Salgado Filho (próximo ao Complexo 4º Centenário) e na Bernardo Vieira (Quintas). A obra do Bosque tem um aporte de R$ 315 mil e na reforma das passarelas estão sendo investidos pouco mais de R$ 740 mil.

Por fim, a Prefeitura vai executar uma ampla reforma nas calçadas da avenida Rio Branco, um dos principais corredores de mobilidade urbana e comercial da cidade. O projeto está na fase de contratação e finalização do processo licitatório. A recuperação está dividida em lotes de calçadas, compreendendo uma área que vai da rua Apodi ao Colégio Winston Churchill, nos limites da Cidade Alta e da Ribeira. A obra ainda incluirá a colocação de mobiliário, como bancos e lixeiras, o replantio de árvores ao longo da avenida, assim como a instalação de ciclovias e de novas áreas de estacionamento para quem vai às compras ou ao trabalho.

“Vamos investir R$ 1,3 milhão nessa obra tão necessária e aguardada há anos pelos frequentadores e comerciantes da Cidade Alta, dando continuidade aos serviços de recuperação da região que a Prefeitura vem realizando ao longo dos últimos dois anos”, completa o prefeito Álvaro Dias.