sexta-feira, 28 de maio de 2021

Até o final do ano vamos vacinar toda a população, diz Queiroga

| |

 


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a afirmar nesta sext-feira que o Brasil vai vacinar toda a população até o final do ano. 

Em evento no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, Queiroga disse que em junho estão asseguradas mais de 40 milhões de doses para distribuinção pelo PNI (Plano Nacional de Imunização). 

"Estamos impulsionando fortemente a campanha de vacinação. Agora no mês de junho serão mais de 40 milhões de doses. As vacinas estão chegando e até o final do ano vamos vacinar toda a população brasileira. É um compromisso e será cumprido", afirmou o ministro.

Ele e o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, participaram de visitas técnicas e entrega de restaurações de prédios históricos nas cidades de Miracatu e Registro e Juquiá, no Vale do Ribeira. Sobre as demandas na região, ele disse que aguarda os pedidos dos municípios para na medida do possível atendê-los. "Vamos trabalhar juntos para melhorar a assistência em todo Brasil. Mas nós só temos um inimigo, o vírus, vamos vencer o vírus."

Distribuição

Em junho, o Brasil deve receber 43,8 milhões de doses das vacinas contra a covid-19, de acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira (28) pelo Ministério da Saúde.

Desse total, 29,9 milhões serão da AstraZeneca, 12 milhões da vacina da Pfizer, 6 milhões da CoronaVac e mais 4,8 milhões pelo Covax Facility (4 milhões da AstraZeneca e 842 mil da Pfizer). Em relação à CoronaVac, metade da remessa deve ser reservada para a aplicação da segunda dose.

Até o momento, quase 100 milhões de doses da vacina contra covid-19 foram distribuídas para estados e Distrito Federal. Do total, mais de 60 milhões foram aplicadas. O mês de maio contabilizou um recorde na distribuição de vacinas desde o início da imunização contra a covid-19: mais de 33 milhões de doses foram distribuídas pelo Ministério da Saúde.

com informações do R7.com