quinta-feira, 8 de julho de 2021

Casal é preso por maltratar e roubar R$ 43 mil de idoso

| |

Um casal foi preso em flagrante nesta quinta-feira (08), suspeito de maus-tratos a um idoso de 79 anos. Além disso, R$ 43 mil foram roubados da conta do homem. O caso aconteceu no município de Macaíba, na Grande Natal.

De acordo com a Polícia Civil, o crime teve início há aproximadamente dois meses, quando a mulher se passou por faxineira para ter acesso à casa. O idoso foi mantido em cativeiro em um quarto nos fundos da própria casa.

"A mulher teria ido lá fazer uma faxina. Percebendo a ausência de responsáveis pelo idoso, por lá, ficou. Ele, sem forças, aceitou a situação que estava sendo imposta", disse Cidorgeton Pinheiro, delegado responsável pelo caso.

"Ele morava só e tinha uma pessoa que ajudava. Essa pessoa saiu e essa senhora começou a dar um suporte a ele, mas sempre passando o relato de que ele estava sendo bem cuidado. Ela mandava fotos mostrando quando, na verdade, era nada disso. tudo inventado para ela se apropriar da casa. Ela fez desvios da conta dele e estava se aproveitando da situação. Dopava. Soubemos agora", disse um sobrinho-neto, que preferiu não se identificar.

Na quarta (07), uma denúncia de maus-tratos foi feita à Polícia Civil. Os policiais foram até a casa do idoso e acionou uma equipe multidisciplinar do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O idoso deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento, de Macaíba e, confirmou-se de que ele sofria agressões.

"Na primeira abordagem, ele já questionou se seria agredido lá também. Isso chamou a atenção dos médicos, que acionaram toda a equipe multidisciplinar novamente. O idoso tinha um rendimento bom. Todo o valor foi desviado. Hoje, ele está negativado. Com esse dinheiro, um veículo foi comprado, além de outros objetos presentes na residência", contou o delegado.

Agora, a vítima está tendo suporte da família e da equipe do CREAS.

O casal foi preso e responderá por maus-tratos, desvio de recursos e furto de energia, já que havia um "gato" instalado no imóvel.

Esta prisão foi possível através do Disque Denúncia 181.


Com informações de: umarizalense