quinta-feira, 15 de julho de 2021

Justiça prende mulher suspeita de mandar matar o marido, em Baraúna/RN

| |

A Polícia Civil de Baraúna, região oeste do Rio Grande do Norte, cumpriu nesta quarta-feira (14), um mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca daquela cidade, em desfavor de
Quércia Elânia Rebouças Costa Silva, 35 anos, suspeita de ter mandado matar o marido, José Ivan Ângelo da Silva, morto, durante emboscada, no dia 13 de agosto de 2020, em Baraúna.

O delegado da Policia Civil daquela cidade, DPC. Luiz Fernando, responsável pela investigação do caso, disse que concluiu o inquérito e que não tem dúvida de que Quércia foi a mandante do crime. "Existem provas contundentes que mostram a suspeita tentando contratar um pistoleiro para dar cabo a seu marido e que pagaria 5 mil reais pelo serviço."

José Ivan Ângelo saía do trabalho em um carro da firma e ao chegar na RN-015, zona rural do município, foi interceptado por dois criminosos armados de escopeta calibre, que ficaram na frente do veículo. A vítima foi retirada do carro e executada no meio do mato. O veículo foi encontrado horas depois do crime, abandonado na região do Belo Horizonte, em Mossoró.

A motivação do crime ainda não foi divulgada pelo delegado. Após ser presa em casa, Quércia Elânia Rebouças Costa Silva, foi encaminhada ao Pavilhão Feminino da Penitenciária Mário Negócio, em Mossoró, onde ficará à disposição da justiça.