sábado, 17 de julho de 2021

MINISTRO ROGÉRIO MARINHO É SUBMETIDO À CIRURGIA NO CORAÇÃO

| |


O ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho, 57 anos, está internado em Teixeira de Freitas, na Bahia, desde a sexta-feira (16), e precisou ser submetido a uma cirurgia no coração. Ele passa bem e deve receber alta nas próximas horas.

Rogério teve um mal-estar por volta das 17h30, quando se deslocava para Porto Seguro (BA), onde passa férias com a família. A assessoria da prefeitura da cidade informou que o ministro passou mal logo após desembarcar no aeroporto da cidade e que foi socorrido e encaminhado ao Hospital Luís Eduardo Magalhães.

Por volta das 23h, o ministro precisou ser transferido para um hospital em Teixeira de Freitas, com urgência. De acordo com informações repassadas pela assessoria de imprensa, ele foi submetido a exames, nos quais foi diagnosticada uma obstrução arterial.

Ainda durante a madrugada, ele passou por uma angioplastia para a colocação de um stent. A assessoria confirmou que ele tem histórico cardíaco, mas informou que passa bem e deve receber alta nas próximas horas.

O PROCEDIMENTO

O stent é uma pequena prótese em formato de tubo que é colocada no interior de uma artéria para evitar uma possível obstrução total dos vasos. De acordo com a cardiologista Sandra Regina Arcencio, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, a colocação do stent é um procedimento invasivo muito eficiente e menos agressivo que uma cirurgia de revascularização convencional, já que não requer abertura do tórax. É rápido e geralmente, o paciente recebe alta do hospital já no dia seguinte. O calibre do stent depende do tamanho da artéria e da lesão. 

“A prótese é inserida em uma artéria periférica, pode ser na perna ou no braço, com ajuda de um cateter balão, que é guiado até o local obstruído. Ali, o balão infla expandindo o vaso sanguíneo. Em segundos a área fica dilatada e o stent é colocado, para que o fluxo sanguíneo se normalize”, explica Sandra.


Com informações de: blogtuliolemos