terça-feira, 20 de julho de 2021

Mulher se passa por enfermeira para roubar bebê de maternidade

| |


Na segunda-feira, 12 de julho, em Curitiba, uma mulher de 27 anos, foi detida após tentar sequestrar um bebê recém-nascido de uma maternidade. A tentativa foi feita no Hospital do Trabalhador, onde a suspeita se disfarçou de enfermeira para conseguir acessar a ala hospitalar do pós-parto.

Conforme a Polícia Militar, a mãe do bebê disse que a falsa enfermeira teria pedido autorização para levar o bebê para um exame pós-parto. No entanto, a farsa da jovem foi descoberta pelos funcionários do local, que desconfiaram da mulher enquanto ela buscava a saída do hospital. Eles, então, decidiram abordar a mulher.

“Fomos acionados pelos funcionários que nos relataram a tentativa de sequestro dessa criança, que havia nascido horas antes de ser levada por essa mulher. A sorte é que a equipe do hospital conseguiu desconfiar, a impedindo de sair do local”, disse o tenente Marçal de Souza, do 13º Batalhão da PM, que atendeu a ocorrência.

Falsa enfermeira justifica motivo

Segundo a falsa enfermeira, que mora em Colombo, Curitiba, ela teria engravidado em janeiro, mas perdido o filho no final de junho, mas não teria contado a ninguém o fato de ter sofrido um aborto espontâneo. “A informação é de ela que não teria contado sobre a perda ao marido e familiares, o que pode ter provocado esse ato”, disse um oficial da PM.

Sem antecedentes criminais, a falsa enfermeira foi levada à Central de Flagrantes da Polícia Civil. Lá, ela teria, no entanto, entrado em contradição. Ela teria dito que recebera uma proposta de R$10 mil de um casal para raptar o bebê, porém, sem provas que sustentassem seu argumento. A polícia irá investigar a informação durante a apuração do B.O.

Com informações de: ultimasnoticiasdobrasil