quinta-feira, 8 de julho de 2021

Planos de saúde terão de diminuir valor das mensalidades

| |

 


O preço das mensalidades dos planos de saúde individuais sofrerá uma queda em 2021, de 8,19% a partir de agosto. É a primeira vez que a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) decide que o índice de correção anual será negativo.

A medida fará com que as operadoras dos planos de saúde individuais reduzam o valor a partir do mês que vem, com pagamento retroativo de maio, junho e julho, sempre na data de aniversário do contrato do usuário.

A decisão beneficia milhões de beneficiários até 1º de maio de 2022. A notícia, porém, não se aplica aos planos corporativos, contratados por empresas para seus funcionários, nem coletivos.

Uma levantamento apresentado pela ANS, apontou que a decisão se deve à queda de 82% para 74% no uso de serviços médicos pelos usuários no ano passado, como cirurgias e exames. E as consultas médicas, registraram um recuo de 25% nas ocorrências em 2020, em relação a 2019.

Rogerio Scarabel, diretor-presidente substituto da ANS, foi o primeiro a votar pelo reajuste negativo de 8,19%.

O diretor adjunto Cesar Brenha Rocha Serra seguiu o relator e aprovou o reajuste. Em seu voto, ele destacou que é a segunda reunião em plena pandemia e disse que as operadoras tiveram menos gastos, ao contrário do que se fala.

Os demais diretores aprovaram a redução da mensalidade, tornando a decisão unânime pela ANS.


Com informações de: r7