domingo, 8 de agosto de 2021

Cosern desativa 79 gatos de energia em cidade do litoral do RN e 22 em Mossoró

| |

Equipes da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) desativaram 79 "gatos" de energia em residências e num poço artesiano na praia de Maracajaú, no município de Maxaranguape, no litoral Norte do Rio Grande do Norte. Além disso, a Cosern identificou, com o auxílio Polícia Civil e desativou outras 22 ligações clandestinas de energia no conjunto Nova Mossoró, em Mossoró.

A operação para desligamento desses gatos aconteceu manhã de sexta-feira (06). O gato de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a oito anos de reclusão.

A Cosern alerta ainda que o gato representa risco de morte para quem faz e a quem está próximo, já que são conexões irregulares de energia. Os gatos também provocam perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos. 

Operações em 2021 

De acordo com a Cosern, mais de 2 mil irregularidades foram identificadas em todo ano de 2021. “No primeiro semestre do ano, a concessionária realizou 24.251 inspeções, identificou 2.354 irregularidades, entre fraudes e defeitos na medição, e cinco pessoas foram presas pela polícia em todo estado" explicou Gilmar Mikeias, Gerente de Recuperação da Receita da Cosern. 

A fraude é quando o consumidor já é cliente da Cosern e manipula o medidor de energia com o objetivo de reduzir o consumo faturado. 

Já o furto consiste em desviar energia diretamente da rede elétrica da Cosern sem a medição do consumo e o conhecimento da distribuidora, conhecido como gato de energia. 

De acordo com Júlio Giraldi, Superintendente de Relacionamento com Clientes da Cosern, as ações de combate às ligações clandestinas serão intensificadas até o final do ano. “Vamos investir ainda mais em tecnologia e inteligência para dificultar cada vez mais a realização desse tipo de crime”, declarou.

Nessas irregularidades constatadas, a Cosern recuperou 12,5 milhões de kWh de energia no primeiro semestre de 2021. Esse volume seria suficiente para abastecer, por um mês, um município do porte de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, por exemplo - o referente a quase 82 mil unidades consumidoras. 

A população pode denunciar as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern.

Com informações de: gazetaapodiense