sábado, 28 de agosto de 2021

Italiano é condenado a 18 anos de prisão por assassinato de compatriota

| |
Italiano Enzo Albanese tinha 42 anos | Imagem: Canindé Soares

A 2ª Vara Criminal do Rio Grande do Norte condenou o italiano Pietro Ladogana a 18 anos de reclusão pelo assassinato do compatriota Enzo Albanese, no dia 2 de maio de 2014, em Natal. O julgamento, que começou nesta semana na capital potiguar, foi concluído na madrugada deste sábado (28).

Pietro foi condenado pela prática de crime de homicídio doloso qualificado pela utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, que consta no artigo121 do Código Penal.

O italiano negou, durante o julgamento, qualquer participação no crime.

De acordo com a sentença judicial, o crime foi friamente premeditado e planejado nos "mínimos detalhes e com razoável antecedência". Os motivos do crime, segundo a decisão, não foram "suficientemente esclarecidos", o que não pesou contra o réu.

A sentença cita ainda que o italiano "enquanto bem acolhido neste país, aproveitou-se da hospitalidade de seu povo para perturbar a ordem pública e a paz social mediante ousado cometimento de crime de extrema gravidade, de maneira afrontosa e em total desconsideração para com as leis da nossa República".

O acusado deverá cumprir a pena no Brasil, segundo a decisão judicial, inicialmente em regime fechado.


Com informações de: g1