terça-feira, 3 de agosto de 2021

Operação apreende 454 botijões de gás e desarticula revendedoras clandestinas na Grande Natal

| |

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba, em ação conjunta com a Secretaria Estadual de Tributação (SET), deflagraram, nessa segunda-feira (02), a Operação “Clandestino”, com o objetivo de combater a atuação de revendedores ilegais de gás de cozinha, que ofereciam produtos com preço muito inferior aos comerciantes legalizados, em virtude de não possuírem regulamentação, não recolherem impostos e não cumprirem a legislação trabalhista. A ação resultou na prisão de três pessoas.

A ação foi iniciada após o recebimento de diversas denúncias anônimas que relatavam sobre a ação de uma revendedora ilegal que, atuando com trabalhadores sem carteira assinada, não recolhiam impostos, nem cumpriam as normas de segurança. O estabelecimento estaria vendendo gás de cozinha com valores muito inferior ao de mercado, lesando os comerciantes legais e, ainda, os consumidores, já que os produtos tinham origem ilegal e não tinham relação com as marcas ostentadas nos comércios.

Duas revendedoras, uma na cidade de Macaíba e outra em Parnamirim, pertencentes ao mesmo grupo, foram fechadas pelas equipes policiais e da SET, sendo apreendidos 425 botijões de gás de cozinha e aplicadas multas aos responsáveis. Na ocasião, Geraldo José de Medeiros Dantas, 41 anos, e Jucilene Marques de Araújo, 38 anos, foram presos pelos crimes contra a ordem econômica e propaganda enganosa.

Outro imóvel no bairro Monte Líbano, na cidade de Macaíba, também foi alvo da operação, sendo encontrados 29 botijões de gás que estavam armazenados em uma garagem fechada, colocando em risco a vida de pessoas que moram nas proximidades, em decorrência da possibilidade de explosão. O responsável pelo imóvel, Juraci Morais dos Santos, 51 anos, tentou se evadir do local, mas foi capturado e detido pelos policiais. Ele também foi multado e preso em flagrante pelo crime contra ordem econômica.

Os suspeitos foram conduzidos à delegacia e, em seguida, encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil agradece o apoio que vem recebendo da população local e pede que continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Operação “Clandestino”

O nome da operação destaca a situação de clandestinidade que gera prejuízos ao Estado, em razão da sonegação de impostos, e concorrência desleal contra os pontos autorizados de venda, além de colocar em risco a vida da população local, já que as regras de segurança exigidas por lei não são cumpridas por esses estabelecimentos irregulares.

Com informações de: portaldatropical