domingo, 29 de agosto de 2021

POLÍCIA MILITAR DE EXTREMOZ ENTRA EM CONFRONTO COM TRAFICANTES

| |

Na tarde desta sexta-feira (27), Policiais militares de Extremoz (11° BPM), receberam uma denúncia anônima em que vários homens estariam comercializando entorpecentes e com armas de fogo na rua Rio Negro, n° 05, no Bairro São Miguel Arcanjo.

Diante das informações, os policiais foram à residência indicada. Chegando ao local, foram recebidos por disparos de armas efetuados por Fábio Diego de Oliveira Pereira, 31 anos, que responde por tráfico de drogas pela comarca de Extremoz (prisão realizada no ano passado) e por outro elemento que conseguiu fugir pulando o muro. De imediato, os policiais responderam a injusta agressão, alvejando Fábio Diego - que portava um revólver calibre 38 com seis munições (sendo 2 deflagradas) sem numeração, sendo prontamente socorrido para o hospital Café Filho, onde foi a óbito.

No quintal da residência, foram detidos três homens (sendo um adolescente) e duas mulheres (sendo uma adolescente). Em revista na casa, foram encontrados: uma arma caseira calibre 38, seis munições de calibre 12, quase 300 gramas de uma substância esverdeada (provavelmente maconha), 08 papelotes de uma substância branca (provavelmente cocaína), balança de precisão, 11 celulares (várias marcas) provavelmente frutos de roubos/furtos na cidade, um relógio de marca Lince, um notebook de marca Dell, um fardamento camuflado, vários sacos plásticos do tipo "din din" para embalar entorpecentes.

Os acusados foram identificados: Francisco Jamerson da Silva Viana - presidiário que consta uma decisão no processo 0103603-37.2012.8.20.0002 (Execução da pena) regredindo para o regime fechado, porém, por falha do sistema não foi expedido o mandado de prisão. Carlos Eduardo Silva do Nascimento, 25 anos, que responde um processo por furto na comarca de Extremoz e Natália Silva de Oliveira, 18 anos.

Todos foram autuados no crime de tráfico de drogas, associação criminosa e corrupção de menores e os dois adolescentes por atos infracionais conduzidos ao Plantão da zona norte, para procedimentos cabíveis.

Disque Denúncia: 98137-2325 (sigilo)