sábado, 25 de setembro de 2021

PF faz operação e recupera duas garrafas de vinho que haviam sido furtadas do Itamaraty

| |

A Polícia Federal recuperou, em São Paulo, duas garrafas de vinhos raros que haviam sido furtadas de uma adega mantida no Itamaraty. 

As garrafas foram encontrados após cumprimento de mandado de busca e apreensão, na sexta-feira (24). A PF não detalhou em que condições elas estavam.

Um Petrus Pomerol Grand Cru da safra 1980, avaliado em R$ 25.750 e um Domaine de la Romanee-Conti La Tache Grand Cru Monopole da safra de 1995, avaliado em R$ 31.868, foram doados ao Ministério das Relações Exteriores, que os mantinha em um cofre de tipo adega.

O furto foi constatado no mês de agosto, após conferência.

Os policiais chegaram ao autor do crime _ que não teve o nome revelado. Segundo a PF, ele informou que havia vendido as garrafas e indicou o endereço do receptador, que também não foi identificado.