quinta-feira, 23 de setembro de 2021

SGA amplia dose de reforço para idosos acima de 70+ e retoma aplicação da D2 Oxford

| |

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN vai ampliar, a partir desta quarta-feira (22), a dose de reforço (D3) da vacina contra a covid-19 para idosos acima de 70 anos que tenham completado o esquema vacinal há seis meses, e para as pessoas com alto grau de imunossupressão acima de 18 anos, com a segunda dose (D2) feita há 28 dias. A aplicação será em todas as unidades de saúde, das 8h às 12h.

Já os idosos acima de 90 anos, que começaram a ser imunizados nesta terça-feira; e os acamados continuarão recebendo a D3 em domicílio.

Segunda dose (D2)

O município, após receber mais 955 doses, retoma aplicação da D2 da Oxford/AstraZeneca e segue com a mesma estratégia da Pfizer, para quem tomou a D1 até 20 de julho. Os imunizantes estarão disponíveis em todas as unidades de saúde, das 8h às 12h, onde também terá a segunda dose da Coronavac, para quem completou o prazo de 28 dias.

Primeira dose (D1)

A Secretaria Municipal de Saúde continua imunizando os adolescentes com comorbidades acima de 12 anos, na UBS do Mangueirão, das 8h as 12h. As gestantes, puérperas e lactantes acima de 12 anos de idade devem procurar as unidades de Santo Antônio e de Mangueirão, no mesmo horário.

A população geral, acima de 18 anos, segue sendo vacinada nas UBSs Cidade das Flores, Amarante, Jardim Lola (Prefeitura em Movimento) e do Centro. Horário das 8h às 12h.

As pessoas com imunossupressão:

• Imunodeficiência primária grave.
• Quimioterapia.
• Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras.
• Pessoas vivendo com HIV/Aids.
• Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
• Uso de drogas modificadoras da resposta imune.
• Pacientes em hemodiálise.
• Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Os documentos necessários são: comprovação de alto grau de imunossupressão, comprovante de segunda dose da vacinação e documento oficial com foto.