terça-feira, 26 de outubro de 2021

Empregabilidade: Semtas promove cursos de capacitação para pessoas em situação de rua

| |
Curso iniciou nesta segunda-feira no Centro Pop | Foto: Semtas

A Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas) iniciou nesta segunda-feira (25), no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), o curso de artes manuais para pessoas em situação de rua. Ao todo, 15 usuários vão participar da formação, que tem 60 horas-aula.

“O que estamos fazendo é oferecer mais uma oportunidade de capacitação para quem quer voltar ao mundo do trabalho e superar a condição de rua. Implementamos cursos e oficinas profissionalizantes em nossas unidades. Estas iniciativas agregam e abrem o leque de possibilidades para esse público”, enfatizou o secretário do Trabalho e Assistência Social, Adjuto Dias.

“É importante entender que estamos criando vínculos e socialização entre os usuários, oportunizando melhoria e qualidade de vida. Esse é o primeiro de muitos que iremos ofertar”, afirmou Selma Lima, coordenadora do Centro Pop.

De acordo com a diretora do Departamento de Desenvolvimento e Qualificação Profissional (DDQP), Renata Araújo, o objetivo da Semtas é contribuir para que as oportunidades profissionais cheguem ao maior número de pessoas possível, sem distinção de qualquer natureza. “A qualificação profissional é fundamental para que grupos mais vulneráveis tenham mais chances de acessar o mundo do trabalho”.

Centro Pop

O Centro Pop é um serviço público municipal para a construção de novos rumos para a população adulta em situação de rua. Tem a finalidade de assegurar atendimento e atividades direcionadas para o desenvolvimento de sociabilidades, na perspectiva de fortalecimento interpessoais e/ou familiares que gerem oportunidade de construção de novos projetos de vida.

O acesso ao Centro acontece via demanda espontânea e encaminhamentos do Serviço Especializado em Abordagem Social, de outros serviços socioassistenciais, políticas públicas setoriais e dos órgãos de Defesa de Direitos.

Centro LGBT

Nesta segunda-feira (25), também começou o curso de maquiagem e designer de sobrancelhas no Centro de Cidadania LGBT. Cada um dos cursos tem carga horária de 60 horas, distribuídas entre conteúdos sociais e específicos. No total, 30 usuários do Centro estão sendo beneficiados com os cursos.

Parceria com o Senai

Ainda nesta segunda, o curso de panificação, realizado em parceria com Senai-RN, também iniciou as aulas. O projeto de empregabilidade se estenderá até o ano de 2022 com a formação de 20 alunos no curso de padeiro. O curso terá 240 horas e está sendo ministrado pelo instrutor Aurélio Silva Miranda, do Senai Clóvis Motta.