terça-feira, 9 de novembro de 2021

Estudantes de escola em São Gonçalo do Amarante recebem medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

| |

Dois estudantes da Escola Municipal Jonas Escolástico de Noronha, em Olho D’água do Carrilho, receberam medalhas de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Ariel Cunha de Souza, de 14 anos, e Kauã de Oliveira Costa, de 12 anos, receberam lugar de destaque na edição de 2021.

Essa é a segunda vez que Ariel é premiada na competição. Em 2020, ela já havia conquistado o bronze para a escola. “Estou muito feliz, não esperava”, disse ela com as medalhas no peito. A mãe da estudante, Ana Maria Cunha, contou que se sente muito orgulhosa e agradecida a escola pelo incentivo que deu a filha. “É a segunda vez que ela ganha medalha e isso me dá muito orgulho. Agradeço à escola que, com toda dedicação, oferece um ensino muito bom e que minha filha gosta muito”, lembrou.

O sentimento de Kauã era o mesmo de Ariel. Também acompanhado da mãe, Luana Karen, os dois estavam cheios de alegria e orgulho. Luana contou que Kauã gosta muito da área e que ela sempre o incentiva, juntamente com a escola, a buscar os seus objetivos.

Segundo a gestora da escola, Maria de Lourdes de Moura Rolim, o incentivo acontece por parte de toda equipe, que se dedica dia a pós dia para construir um ensino de qualidade e que impulsione os estudantes na busca por seus objetivos. “É um momento muito gratificante para todos nós da Escola Jonas Escolástico de Noronha. Nesta edição, fomos a única instituição do município a ganhar medalhas. Isso mostra que estamos no caminho certo. Destaco ainda o importante apoio da secretaria de Educação”, ressaltou.

A escola também conquistou uma prata, com o estudante Judson Monteiro da Silva, no ano passado.

A OBA

A Olimpíada é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos do ensino fundamental e médio de todo o país e tem por objetivo fomentar o interesse dos jovens pela astronomia e astronáutica, além de promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando toda comunidade escolar. (Fonte: http://www.oba.org.br)