quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Idosa de 91 anos que fraturou o punho e pensou que havia passado por cirurgia no HWG, foi liberada para casa e morre

| |

Faleceu, na madrugada desta quinta-feira (04), uma idosa de 91 anos que aguardava por cirurgia ortopédica no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. Raimunda Xavier Nunes era natural do município de Poço Branco e estava com uma fratura no punho desde o dia 22 de outubro, quando sofreu uma queda em sua casa. A situação da idosa chegou a ser relatada pela
reportagem da TV Tropical, que fez matérias cobrando uma solução.

No dia do incidente, Raimunda foi transferida com urgência para a unidade hospitalar em Natal. A idosa passou por atendimento médico e foi liberada ainda no dia 22. De acordo com os familiares, nessa data, os médicos informaram que haviam realizado o procedimento cirúrgico e engessaram o braço da paciente. 11 dias depois, Raimunda retornou ao hospital para avaliação. Foi nesse momento que os familiares descobriram que, na verdade, o procedimento não tinha sido feito.

“Ela sentiu muitas dores ao longo dos dias, o braço ficou roxo e bastante inchado. Chegou ao ponto de ela sentir tanta dor que tivemos que trazê-la de volta, na segunda-feira. Ela estava sem forças para falar. O médico fez o diagnóstico e viu que não foi feita nenhuma cirurgia”, relatou a neta, Márcia de Oliveira, em entrevista à TV Tropical.

Com a unidade superlotada, a idosa foi colocada no corredor para aguardar a transferência. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que um procedimento prévio de reparação havia sido feito e a idosa tinha sido incluída na lista para realização da cirurgia. Raimunda, porém, não resistiu à dor e faleceu antes que pudesse passar pela intervenção cirúrgica. Sobre o motivo da morte, a Sesap não divulgou nenhuma informação.

Com informações de: portaldatropical