sexta-feira, 5 de novembro de 2021

Médicos do HWG suspendem atendimentos após cinco meses sem salário

| |

Médicos cooperados que prestam serviços no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, suspenderam os atendimentos nesta quinta-feira (04), por tempo indeterminado. A informação é da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed), contratada pelo governo para fornecer os profissionais.

Segundo a cooperativa, os médicos paralisaram os atendimentos em protesto contra o atraso no pagamento de salários. O Governo do Estado deve à Coopmed cerca de R$ 2,5 milhões, referente aos pagamentos de junho a outubro – cinco meses.

Nos últimos dias, a insatisfação entre os profissionais tem aumentado e médicos não descartam fazer paralisação em outros hospitais em protesto contra o governo. Entre os médicos com repasses atrasados; estão cirurgiões (gerais, vasculares, torácicos) e profissionais da clínica médica.

Procurada, a Secretaria Estadual de Saúde Pública disse que “está em diálogo com a cooperativa e reconhece o atraso no pagamento. No momento, a Sesap está em tratativas para resolver o ocorrido o mais breve possível”, informou a pasta. 

Com informações de: 98fmnatal