sexta-feira, 12 de novembro de 2021

PRAZO PARA SOLICITAR LICENÇAS DE REALIZAÇÃO DE FESTAS NO RÉVEILLON JUNTO À NEOENERGIA COSERN ENCERRA TERÇA-FEIRA (16)

| |
Foto: Canindé Soares/Neoenergia Cosern/divulgação

Faltando pouco menos de 50 dias para o réveillon, a Neoenergia Cosern ressalta que o prazo para solicitação de licenças para realização de festas (principalmente as que utilizam trios elétricos e montagem de palcos) próximas à rede elétrica ou que necessite de alterações em fios e cabos se encerra na próxima terça-feira (16).

Para todos os eventos realizados ao longo do ano (festas de carnaval, São João etc.), a distribuidora estipula um prazo mínimo para que os clientes deem entrada nos seus pedidos de licença.

“Solicitar a documentação dentro desse prazo é condição fundamental para que possamos fazer as análises em tempo hábil e autorizar – ou negar – a liberação do evento, principalmente se for necessário a realização de alterações na rede elétrica”, lembra Júlio Giraldi, superintendente de Relacionamento com Clientes da Neoenergia Cosern.

As solicitações devem ser feitas nas Lojas de Atendimento da Neoenergia Cosern, mediante a entrega e uma “Carta de Solicitação de Vistoria” com as seguintes informações:

Nome completo do evento;
Local e data do evento;
Todo o trajeto do trio/carro de som (início e fim); lembrando que neste trajeto irá passar apenas o trio elétrico sem nenhum carro alegórico;
No caso de palco, deve-se informar endereço completo onde será montado;
Mapa do percurso;
Alturas em metro: Altura do trio com capota; Altura do trio sem capota; Altura do piso (palco) do trio onde haverá presença de pessoas; Largura do trio; Comprimento do trio;
Placa do trio elétrico.
Responsáveis pelo evento;
Telefone e e-mail são informações indispensáveis;
Demais informações pertinentes que possam impactar na segurança do evento;
Anexar ART;
Anexar cópia de CPF e RG do responsável.

Após o recebimento do parecer de vistoria, o solicitante deve comunicar formalmente o pedido de vistoria as outras empresas de telecomunicações que compartilham os postes da distribuidora. O solicitante também deve comunicar formalmente ao Corpo de Bombeiros e demais órgãos responsáveis. A concessionária ressalta que o registro da solicitação só pode ser feito pelo titular responsável, seguindo todos os procedimentos de segurança.