quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Prefeito se reúne com técnicos para detalhar obras viárias para Natal

| |
Foto: Donato Fernandes

A Prefeitura de Natal está desenvolvendo uma série de projetos de impacto viário na capital com objetivo de melhorar a fluidez do trânsito e por fim às interferências nas grandes vias, permitindo também o acesso seguro das pessoas não motorizadas, sejam ciclistas ou pedestres. Nesta segunda-feira (10), o prefeito Álvaro Dias se reuniu com secretários e técnicos das pastas ligadas aos projetos, como a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Serviços Urbanos, Obras Públicas e Planejamento, para detalhar algumas dessas obras. A primeira delas é a construção da Trincheira Viária conectando a Av. Alexandrino de Alencar com Hermes da Fonseca, um dos grandes gargalos da zona Leste. A obra tem previsão para entrar em licitação no mês de fevereiro de 2022.

Para o prefeito Álvaro Dias, é uma das obras que irá permitir a melhoria da mobilidade urbana sem interferir no nível das avenidas. “Essa obra esperada há décadas vai diminuir os engarrafamentos da Hermes da Fonseca e Alexandrino sem que sejam necessárias grandes estruturas que segregam a visão das avenidas. Queremos uma Natal moderna para todos os cidadãos”, comentou o prefeito.

Outro projeto de impacto será o Pontilhão de Cidade Nova, uma obra bastante aguardada por quem transita pela área, pois trata-se de uma travessia muito perigosa. O trecho é um dos maiores gargalos da região e propício a acidentes com alto grau de risco. A estrutura será construída sobre a linha férrea fazendo a ligação mais rápida e mais segura para vários bairros da cidade. Esta obra está orçada em R $15 milhões e conta com parceria do Governo Federal.

Também foram apresentados os projetos da Rede de Ciclovias e Ciclofaixas da zona Norte, considerada a mais extensa da capital para passagem de ciclistas e pedestres, abrangendo seis avenidas: Cirandas, Florianópolis, Guararapes, Itapetinga, Pico do Cabugi e Senhor do Bonfim, num total de 7,35 km de vias e 14,7km de estrutura cicloviária, boa parte de mão dupla. Para esta obra estão orçados cerca de R$ 8 milhões, com recursos municipais via STTU.

Ainda na reunião foram detalhados os andamentos das obras do Calçadão da Rua João Pessoa, Av. Ulisses Caldas, Av. Câmara Cascudo, Av. Rio Branco, Cais da Tavares de Lira, Largo do Atheneu, melhorias na Praia do Meio.