Bandeiras tarifárias das contas de luz terão novos valores em 2017

15.fevereiro.2017

As bandeiras tarifárias que são aplicadas nas contas de luz terão novos valores neste ano. A bandeira amarela vai passar de R$ 1,50 para R$ 2 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos. A bandeira vermelha patamar 1 fica inalterada, em R$ 3 para cada 100 kWh e o valor da bandeira vermelha patamar 2 cairá de R$ 4,50 para R$ 3,50 a cada 100 kWh.

 

Os novos valores foram aprovados hoje (14) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A proposta recebeu contribuições por meio de audiência pública. As distribuidoras pleitearam a criação de novo patamar de bandeira amarela, mas o relator entendeu que a estrutura atual é a mais adequada.

“Além do aspecto econômico, o sistema de bandeiras tarifárias possui caráter educativo, e é uma forma transparente de comunicar aos consumidores que as condições de geração de energia elétrica no país estão menos favoráveis, no caso de bandeira amarela, ou mais custosas, de acordo com o patamar de bandeira vermelha que é acionado”, explicou o diretor José Jurhosa, relator da proposta.

Os valores das bandeiras tarifárias são revisados a cada ano, de acordo com as variações de custo de energia. Desde dezembro do ano passado, a bandeira tarifária aplicada nas contas de luz é a verde, ou seja, sem cobrança extra para os consumidores.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a energia de hidrelétricas. A cor da bandeira que é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) indica o custo da energia, em função das condições de geração de eletricidade. Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país.

Risco hidrológico

A Aneel também decidiu hoje abrir uma nova audiência pública para para discutir como o aumento do risco hidrológico deste ano será repassado para as tarifas dos consumidores. A expectativa da Aneel é que o custo desse risco, que reflete a falta de chuvas e a geração menor de energia pelas hidrelétricas, e  não é coberto com a bandeira tarifária, possa chegar a R$ 5 bilhões neste ano, o que pode significar um impacto de 2,5% nas tarifas de energia.

Mas, de acordo com a Aneel, esse não será um custo novo para os consumidores, apenas será aplicado nos reajustes das tarifas deste ano, em vez de entrar apenas no ano que vem, com correção pela taxa Selic. Com informações da Agência Brasil.

Por: Salatiel de Souza

EUA permitem o retorno de pessoas para região de represa na Califórnia

15.fevereiro.2017

Autoridades dos Estados Unidos permitiram nesta terça-feira a volta de quase 200 mil pessoas que vivem na região de uma represa que enfrentou problemas na Califórnia. O xerife do condado de Butte, Kory Honea, porém, disse que pode haver uma ordem futura de retirada, caso o cenário mude.

Autoridades disseram que a decisão de acabar com a ordem de retirada foi tomada diante de previsões do tempo atualizadas. Uma tempestade prevista para esta semana deve ser mais fria e com menos chuva, o que deixará menos água no reservatório da represa de Oroville que na semana passada. O norte da Califórnia pode ter o ano com mais chuvas já registrado.

Honea disse que há riscos bem menores no vertedouro da represa, já que uma inspeção não encontrou erosão no local. Segundo o xerife, especialistas não encontraram estragos que "comprometam a integridade total" da represa.

Porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer disse nesta terça-feira que o presidente dos EUA, Donald Trump, acompanha de perto a crise de segurança pública causada na região da represa, a mais alta do país. Fonte: Associated Press.

Por: Salatiel de Souza

Mais de 30 funcionários da ONU foram mortos em todo o mundo em 2016

15.fevereiro.2017

A Organização das Nações Unidas perdeu pelo menos 32 funcionários em ataques deliberados pelo mundo no ano passado, segundo afirmou o vice-porta-voz da secretaria-geral da ONU, Farhan Haq, nesta terça-feira.

De acordo com ele, a maior parte dos agentes assassinados era formada por soldados das forças de paz da organização. Mas, entre os mortos, há também dois seguranças, um membro da equipe civil e um empreiteiro. 

 "O Comitê Permanente para Segurança e Independência do Serviço Civil Internacional da União do Pessoal da ONU diz que, ao menos, 32 funcionários foram mortos em ataques deliberados em 2016", disse Haq em coletiva de imprensa.

Pelo terceiro ano seguido, o maior número de baixas entre o pessoal das Nações Unidas foi registrado no Mali, onde 23 deles foram mortos em ataques. Atualmente, a ONU mantém 16 operações de paz em todo o mundo. (SputnikBrasil)

Por: Salatiel de Souza

Caracas rechaça acusações e critica sanções dos EUA

15.fevereiro.2017

A administração de Donald Trump impôs sanções econômicas contra o vice-presidente da Venezuela, Tareck El Aissami, acusando o político de acobertar o narcotráfico internacional.   

O anúncio foi publicado no site do Departamento do Tesouro e atinge também o empresário Samark Lopez, considerado muito próximo ao vice-presidente, que teve 13 de suas empresas - incluindo cinco na Flórida - atingidas pelo decreto. Os dois ainda foram proibidos de entrar nos Estados Unidos.   

Por causa da decisão, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, exigiu que a Casa Branca se retrate da acusação. Para isso, ele pediu para a chanceler Delcy Rodríguez de fazer a exigência.   

"Ordenei à chanceler que convoque o encarregado de negociações dos Estados Unidos na Venezuela e lhe entregue uma nota de protesto, exigindo que se esclareça e se retrate sobre as graves acusações que da Embaixada dos Estados Unidos esses funcionários fizeram cotnra o vice-presidente", disse Maduro em pronunciamento.   

Já Al Assami, empossado recentemente no cargo, disse que as sanções são uma "infâmia e uma agressão imperialista". Através do Twitter, ele se manifestou e afirmou que manterá "a moral intacta, maior firmeza e convicção anti-imperialista e maior consciência chavista".   

Rodríguez, após pedido de Maduro, fez um pronunciamento sobre a nota enviada ao negociador norte-americano e disse que as acusações são "uma infâmia, uma grotesca mentira" daqueles que "costumam usar o império norte-americano". (ANSA)

Por: Salatiel de Souza

Saiba o que os brasileiros mais fazem no WhatsApp

15.fevereiro.2017

Brian Acton (foto), um dos fundadores do WhatsApp, revelou uma característica típica dos usuários brasileiros do aplicativo: usar o recurso de voz. O executivo se disse surpreendido com o gosto dos brasileiros por falar no mensageiro e gostou de saber que a funcionalidade é bem aproveitada por aqui.

“Os brasileiros usam muito a voz, fazem muitas ligações. Vocês gostam de falar, creio eu. É uma característica cultural. Fiquei gratamente surpreso ao descobrir isso. Depois do lançamento das chamadas de voz, percebemos o quanto as pessoas gostam do recurso”, disse Acton em entrevista à revista Exame.com.

Dos 1,2 bilhão de usuários ativos no mundo, segundo o Tecmundo, 100 milhões deles são brasileiros, o que prova como o país é importante para o aplicativo. Acton, no entanto, diz que as operações por ora são bem executadas da Califórnia, nos Estados Unidos, mas não descarta ter um escritório por aqui futuramente.

“Vamos avaliar isso conforme crescemos. Mas agora é mais fácil e prático gerenciar tudo daqui da Califórnia”, contou.

Por: Salatiel de Souza

Os golpes financeiros mais comuns no mundo digital

15.fevereiro.2017

Apesar dos investimentos em mecanismos de defesa contra ataques digitais, as fraudes financeiras no mundo da tecnologia continuam atingindo muitos consumidores. Diante disso, é preciso se defender dos criminosos. E de acordo com especialista, a prevenção é a melhor solução.

Em entrevista ao jornal O Globo, a advogada Sonia Amaro, representante da Associação de Consumidores Proteste, fez um alerta.

“É preciso desconfiar quando o cliente é procurado por telefone, e-mail, mensagem e até WhatsApp. Por via das dúvidas, ao menor sinal de que o funcionário não é realmente da empresa que ele se apresenta, o consumidor deve desligar ou não clicar em casa, para entrar em contato realmente com a empresa”, disse.

E caso você seja vítima de uma fraude financeira digital, a recomendação é procurar a polícia. “Assim, a polícia pode abrir uma investigação e prender os criminosos”, disse à reportagem do jornal carioca Daniela Terra.

As fraudes mais comuns são:

Falso SMS do banco

Desbloqueio de celular para assaltante: vítimas de assaltos podem receber mensagens enviadas por criminosos que supostamente seriam da Apple, no caso de usuários de iPhone. Assim, o desbloqueio do aparelho acaba sendo facilitado.

Falso empréstimos: ofertas de dinheiro com facilidades como a não comprovação de renda são sempre suspeitas. Pode ser golpe.

Central telefônica falsa: Quando hackers ligam para as vítimas e dizem que há um problema com a conta dela, solicitando que ligue para o banco. Mas ao fazer isso, os criminosos conseguem desviar a ligação para eles.

Falsos anúncios em sites: É comum o internauta se deparar com anúncios suspeitos ao navegar na web. Muitas dessas publicidades podem levar você ao golpe.

Por: Salatiel de Souza

Facebook lança aplicativo para assistir vídeos em aparelhos de TV

15.fevereiro.2017

O Facebook anunciou nesta terça (14) o lançamento de um aplicativo para assistir vídeos da rede social em aparelhos de televisão. O app está saindo inicialmente para os adaptadores Apple TV e Amazon Fire TV e para as smart TVs da Samsung, "com mais plataformas a caminho".

Deve chegar às respectivas lojas de aplicativos "logo", segundo o Facebook, que justificou o lançamento dizendo ter "ouvido das pessoas que elas querem mais opções de como e quando assistirem vídeos do Facebook".

O vice-presidente de parcerias de conteúdo do Facebook, Dan Rose, afirmou em uma conferência de mídia, na Califórnia, que "muitas pessoas durante salvam o vídeo para ver mais tarde e agora será fácil fazê-lo na sua TV, à noite".

Paralelamente, o Facebook tem negociado com produtores de conteúdo de TV para que ofereçam sua programação no novo aplicativo, que será, como em TV aberta e paga, sustentado por publicidade. (NELSON DE SÁ, Folhapress)

Por: Salatiel de Souza

Cientista russo explica como se deslocar no tempo

15.fevereiro.2017

Cientista russo na área espacial, Andrey Kananin, descreveu a tecnologia de deslocamentos temporais e especificou os prazos de quando o ser humano conseguirá se transferir para outra época.

Em entrevista à Sputnik Mundo, o pesquisador explicou que a máquina do tempo pode ser criada mesmo durante a vida das gerações atuais que habitam a Terra e que a própria viagem será acessível a qualquer pessoa "comum". Não haverá necessidade de qualquer preparo físico adicional, explica Kananin.

Segundo ele, as viagens ao futuro são certamente possíveis, o que foi comprovado via experimental. O princípio de deslocamento ao futuro é bem simples. Basta criar um aparelho que possa se deslocar a uma velocidade próxima da velocidade da luz.Se você viajar nessa máquina, no seu relógio irá passar menos tempo do que na Terra. Assim que você sair desse aparelho, você se encontrará no futuro, acrescenta.

Ao mesmo tempo o cientista destaca que "é importante calcular por quanto tempo a máquina segue com uma velocidade sub-luz. Isso é necessário para definir até que distância no futuro você quer viajar".

Neste sentido, a máquina de tempo parece uma nave espacial. Mas vale a pena tomar em conta que essa viagem será só de ida.

"Mas há também o desejo de regressar! Este já é um grande problema. A ciência contemporânea afirma que o retorno ao passado é irrealista. A mudança da cronologia poderá provocar alterações fatais na história da humanidade ou criar paradoxos temporais", adverte o cientista.

Segundo Kananin, uma viagem ao passado é possível do ponto de vista teórico, mas é bilhões de vezes mais complicado do que um voo até ao futuro.

Se existir pelo menos uma maneira de ultrapassar a velocidade de luz, uma civilização desenvolvida descobrirá esse método, garante o pesquisador russo.

Kananin explica que "o poder do raciocínio humano sobre as leis da natureza, viagens no tempo, vitória sobre a morte e doenças, exploração do Universo, solução de mistérios da consciência humana e outros problemas semelhantes, representam avanços, são um sonho, são a prova da nossa consistência espacial e do triunfo da razão sobre a matéria sem alma, é o triunfo da sede incessante de conhecer o desconhecido".

Embora atualmente não existam aparelhos que possibilitem fazer viagens temporais, há desenhos reais de uma máquina do tempo que seja capaz de funcionar.

O mais importante é que todas as versões deste aparelho são possíveis em termos físicos e tecnicamente compreensíveis aos engenheiros de hoje. Ou seja, em caso de um nível adequado de desenvolvimento da ciência, estes modelos poderão ser construídos.

É pouco provável que o homem seja capaz de "montar" uma máquina que possa funcionar deste jeito, mesmo em 1.000 anos, mas já um computador superpoderoso, e mais ainda a inteligência artificial, conseguirá cria-la facilmente, conclui o cientista. (SputnikBrasil)

Por: Salatiel de Souza

MUTIRÃO PARA EMISSÃO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE ACONTECE ATÉ SEXTA-FEIRA

14.fevereiro.2017

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), através do Instituto de Identificação, está realizando um mutirão para intensificar o número de emissão de primeiras vias de carteiras de identidade.

Realizado no Shopping Via Direta, no bairro de Lagoa Nova, na zona sul de Natal, o mutirão começou hoje (14) e vai até a sexta-feira (17), com atendimentos das 9h às 12h30.

As segundas e terceiras vias permanecem sendo emitidas na Central do Cidadão do shopping citado e na central do Alecrim e da zona norte da capital.

Essas duas últimas estão realizando o atendimento normal – também com a emissão de primeiras vias. Diariamente na Central do Cidadão do Via Direta são emitidas cerca de 50 primeiras vias de identicidades.

Com o mutirão este número sobe para 100. Contudo, o órgão também tem capacidade de realizar a emissão de aproximadamente 150 identidades de segundas e terceiras vias neste local de atendimento.

A ideia da realização do mutirão foi planejada pela direção-geral do ITEP em conjunto com a diretoria do Instituto de Identificação.

O objetivo da campanha é evitar filas e reduzir o tempo de espera durante o processo de emissão do documento de identificação. Na próxima semana o mutirão será realizado na Central do Cidadão da zona norte de Natal.

 

Por: Salatiel de Souza

Varejo potiguar fechou 1.115 lojas e desempregou 3.778 pessoas em 2016

14.fevereiro.2017

O cruzamento dos dados de um estudo divulgado nesta segunda-feira, 13, pela Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho trazem um retrato muito claro – e aterrador – dos efeitos daquele que foi o pior ano da história para as vendas do varejo.

O número de lojas varejistas fechadas no Estado cresceu 24,6% em relação a 2015. Já o número de postos formais fechados teve alta de 68,88%, na mesma base de comparação.

Em todo Brasil, foram fechadas, segundo a CNC, 108,7 mil lojas de varejo, um número 6,67% maior que as 101,9 mil fechadas em 2015. No caso específico do Rio Grande do Norte, foram 1.115 lojas fechadas em 2016 contra 893 que haviam sido registradas em 2015.

Dentro do contexto do Nordeste, o número de estabelecimentos comerciais fechados no Rio Grande do Norte teve o quinto pior desempenho, atrás da Paraíba (aumento de 137% no fechamento de lojas), PI (alta de 114,6%), CE (que fechou 87,3% mais estabelecimentos) e MA (aumento de 68,5%).

Por segmentos de atuação do varejo, a CNC só disponibilizou números nacionais. Eles apontam que os setores com maior número de lojas fechadas foram: Hipermercados e Supermercados (34.783 pontos de venda perdidos); Vestuário e Calçados (-20.590), Materiais de Construção (-11.481); Lojas de Departamentos (-10.527) e Comércio Automotivo (-9.262). As menores perdas se deram nos segmentos de Livraria e Papelaria (-2.170) e Informática e Comunicação (-2.227).

“São números preocupantes mas que, infelizmente, não nos causam surpresa. Tivemos em 2016 o pior ano para as nossas vendas da história. Até novembro, perdemos 10,2% de nossas vendas, o que representa cerca de R$ 2 bilhões a menos em faturamento. Amargamos uma sequência de 17 meses de retração e tivemos dois dos três piores desempenhos para um único mês em todo o nosso histórico de vendas (-13,2% em julho e -12,4% em janeiro). Estava muito claro que muitas empresas não iriam suportar este contexto. Já tínhamos visto que, segundo a Jucern, tivemos 9.976 empresas fechadas no ano passado contra 7.219 em 2015 (considerando todos os segmentos, uma alta de 38,2%). E claro que tudo isso refletiu no volume de empregos gerados. No ano passado, no estado como um todo, foram -15.806 vagas, um número 28,52% maior que aquele registrado em 2015, que teve saldo de -12.298 empregos. Somente o setor de Comércio teve saldo negativo de 3.778. São números que precisam chamar a atenção da sociedade e, sobretudo, dos Poderes Públicos. Precisamos nos unir em torno de um pacto pela retomada do crescimento. E isto é urgente”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

 

Por: Salatiel de Souza

Três apostadores dividirão o prêmio de R$ 35,4 milhões da Mega-Sena

14.fevereiro.2017

Três apostas feitas em lotéricas do interior dividirão o prêmio de R$ 35,4 milhões do concurso 1902 da Mega-Sena. No interior de São Paulo um apostador de Itu e outro de Santa Cruz da Conceição acertaram os seis números sorteados pelo Caminhão da Sorte, em Itabira (MG), no sábado (11). O terceiro bilhete premiado foi adquirido em Ipatinga (MG). Cada um receberá R$ 11,8 milhões. As dezenas sorteadas foram 02, 07, 09, 18, 21 e 25.

Em Ipatinga o bilhete premiado foi feito na lotérica Caminhos da Sorte (Av. Pedro Linhares Gomes, 3.900 – Quiosque 72). Em Itu (SP) a aposta de sete número (R$ 24,50) foi realizada na Leão Lotérico (Rua Santa Rita, 933). Já em santa Cruz da Conceição (SP) o bilhete foi jogado na Lotérica Santa Cruz (Rua Dr. Jorge Tibiriçá, 1243).

Além do prêmio principal, a Mega-Sena também pagará R$ R$ 8.583,27 para cada um dos 367 apostadores que acertaram cinco das seis dezenas. Os 13.764 apostadores que acertaram quatro números receberão R$ 326,94 cada um.

Próximo concurso pode pagar R$ 3 milhões

Prêmios de até R$ 1.903,98 podem ser trocados em qualquer casa lotérica credenciada ou nas agências da Caixa. Acima desse valor, somente nas agências da Caixa. Valores iguais ou acima de R$ 10.000,00 serão pagos dois dias após a apresentação do bilhete na Agência da CAIXA.

O próximo sorteio da Mega-Sena será realizado na quarta-feira (15), às 20h (horário de Brasília). A estimativa de prêmio do concurso 1.903 é de R$ 3 milhões. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país.

Clientes da CAIXA com acesso ao internet banking podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador. Basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. O serviço funciona diariamente, das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

 

Por: Salatiel de Souza

Prefeito discute com DER novas obras para Parnamirim

14.fevereiro.2017

A busca por parcerias tem sido uma marca registrada da administração de Rosano Taveira. Na manhã dessa terça-feira, 14, o prefeito e os secretários Franklin Wanderley (Obras) e Marcondes Pinheiro (Trânsito)estiveram reunidos com o diretor-geral do DER, General Jorge Ernesto Pinto Fraxe para discutir sobre obras importantes para Parnamirim, como por exemplo o prolongamento da Avenida Prudente de Morais. 

Rosano Taveira se colocou à disposição do DER, inclusive se prontificou a implantar a iluminação do prolongamento da Prudente de Morais. "Acredito que as parcerias podem contribuir para agilizar obras públicas de extrema importância, como essa do prolongamento da Prudente que se tornou uma opção de tráfego no município. E, já pedi à minha equipe um levantamento de custos",justificou o prefeito.

O General Fraxe agradeceu a visita e elogiou a postura do gestor. "Parabenizo o prefeito que está pensando de maneira impessoal para conquistar o bem comum", comentou o diretor-geral do DER que ouviu atentamente alguns dos projetos de Rosano Taveira.

O prefeito de Parnamirim mostrou preocupação com a situação da RN-316 (Estrada de Japecanga, lateral do CT do América) e solicitou uma operação tapa-buracos. O General Fraxe informou que já dispõe de recursos e o serviço deverá ser iniciado em breve. O diretor do DER também falou sobre a necessidade de se implantar uma Rodoviária Metropolitana de Integração, o que foi apoiado pelo prefeito.

Outra questão levantada pelo gestor municipal foi em relação à licitação do transporte de Parnamirim. E a resposta de Fraxe foi a de que o DER já solicitou à Procuradoria Geral do Estado para criar uma comissão especial que possa verificar os contratos e as propostas. "Muitos contratos já caducaram e realmente precisamos realizar uma nova licitação", concluiu.

Ao término da visita, o prefeito Rosano Taveira avaliou como muito positivo o encontro. "Tenho certeza que colheremos bons frutos dessa parceria", disse.

Por: Salatiel de Souza

Governo dialoga com associações e destaca investimentos na Segurança Pública

14.fevereiro.2017

 

Na manhã desta terça-feira (14), o governador Robinson Faria se reuniu com auxiliares da administração estadual e representantes de associações de bombeiros e policiais militares para discutir os benefícios oferecidos pelo governo para a categoria. Reconhecendo o pleito das categorias, o chefe do Executivo Estadual autorizou a promoção de 702 militares e o pagamento retroativo das promoções realizadas nos dois últimos anos. Além disso, foi debatida uma readequação no pagamento das diárias sem, no entanto, alterar o valor global destinado pela administração ao benefício.

Durante a reunião, Robinson Faria destacou os investimentos na Segurança Pública do Estado através da promoção de militares. “Há décadas os policiais militares reivindicavam essas promoções e nosso governo, em menos de dois anos, promoveu de forma espontânea cerca de quatro mil praças e 174 oficiais. Além disso, oferecemos um aumento de 26% nos salários para a categoria. Isso só demonstra que estamos trabalhando para melhorar a segurança no Rio Grande do Norte e que esta é uma área prioritária em nosso governo”, detalhou o governador.

O comandante geral da Polícia Militar, Coronel André Azevedo, afirmou que em 15 dias a Lei de Organização Básica (LOB) será enviada para Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).  “A lei vai reestruturar toda Polícia Militar em médio prazo. Teremos a reformulação das unidades administrativas e da quantidade de cargos. É uma mudança que vai motivar os policiais”, apontou.

Para o secretário de Segurança, Caio Bezerra, o governo tem reconhecido o trabalho dos militares atendendo o pleito histórico dos concursos, das promoções e ainda investimentos na aquisição de equipamentos.  De acordo com a Constituição Estadual o governo deve investir no mínimo 9.5% do valor total da receita, mas aplica 15%. “Há dez anos a PM não tinha concurso. Já publicamos este mês o dos Bombeiros e a expectativa é que façamos para todas as áreas de Segurança”, reforçou.

Sobre a realização de concursos, o governador disse que em breve novos certames para as policiais militar, civil e ITEP terão os processos concluídos. Além destes, o governador enfatizou que o concurso do Corpo de Bombeiros com 70 vagas para soldados já foi publicado e autorizou a abertura do concurso para mais de 500 vagas para agentes penitenciários efetivos. “Com este concurso, vamos atender novamente o pedido dos militares e tirar os policiais das guaritas nos presídios. Este concurso vai suprir o déficit de agentes no sistema penitenciário e reforçar a segurança das unidades prisionais do Estado”, disse Robinson.

 

<body id="cke_pastebin" style="position: absolute; top: 11.9965px; width: 1px; height: 1px; overflow: hidden; left: -1000px;">

Na manhã desta terça-feira (14), o governador Robinson Faria se reuniu com auxiliares da administração estadual e representantes de associações de bombeiros e policiais militares para discutir os benefícios oferecidos pelo governo para a categoria. Reconhecendo o pleito das categorias, o chefe do Executivo Estadual autorizou a promoção de 702 militares e o pagamento retroativo das promoções realizadas nos dois últimos anos. Além disso, foi debatida uma readequação no pagamento das diárias sem, no entanto, alterar o valor global destinado pela administração ao benefício.

 

Durante a reunião, Robinson Faria destacou os investimentos na Segurança Pública do Estado através da promoção de militares. “Há décadas os policiais militares reivindicavam essas promoções e nosso governo, em menos de dois anos, promoveu de forma espontânea cerca de quatro mil praças e 174 oficiais. Além disso, oferecemos um aumento de 26% nos salários para a categoria. Isso só demonstra que estamos trabalhando para melhorar a segurança no Rio Grande do Norte e que esta é uma área prioritária em nosso governo”, detalhou o governador.

 

O comandante geral da Polícia Militar, Coronel André Azevedo, afirmou que em 15 dias a Lei de Organização Básica (LOB) será enviada para Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).  “A lei vai reestruturar toda Polícia Militar em médio prazo. Teremos a reformulação das unidades administrativas e da quantidade de cargos. É uma mudança que vai motivar os policiais”, apontou.

 

Para o secretário de Segurança, Caio Bezerra, o governo tem reconhecido o trabalho dos militares atendendo o pleito histórico dos concursos, das promoções e ainda investimentos na aquisição de equipamentos.  De acordo com a Constituição Estadual o governo deve investir no mínimo 9.5% do valor total da receita, mas aplica 15%. “Há dez anos a PM não tinha concurso. Já publicamos este mês o dos Bombeiros e a expectativa é que façamos para todas as áreas de Segurança”, reforçou.

 

Sobre a realização de concursos, o governador disse que em breve novos certames para as policiais militar, civil e ITEP terão os processos concluídos. Além destes, o governador enfatizou que o concurso do Corpo de Bombeiros com 70 vagas para soldados já foi publicado e autorizou a abertura do concurso para mais de 500 vagas para agentes penitenciários efetivos. “Com este concurso, vamos atender novamente o pedido dos militares e tirar os policiais das guaritas nos presídios. Este concurso vai suprir o déficit de agentes no sistema penitenciário e reforçar a segurança das unidades prisionais do Estado”, disse Robinson.

 

</body>

Por: Salatiel de Souza

Sethas-RN leva ações para o Seridó

14.fevereiro.2017

Nesta quinta-feira (16), a Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas-RN), levará uma série de ações para o Seridó, como parte da agenda que o Governo do RN vai realizar na região.

A primeira ação será na cidade de Jucurutu, onde serão entregues 600 cheques do programa Microcrédito do Empreendedor, com financiamentos de R$ 3 mil a R$ 6 mil, totalizando um investimento de quase R$ 2 milhões. Serão beneficiados pequenosempreendedores formais e informais dos seguintes municípios: Jucurutu, Triunfo Potiguar, Parelhas, Caicó, São Fernando e Carnaúba dos Dantas. O evento vai acontecer, às 10h30,no Ginásio Poliesportivo Francisco Eufrásio Medeiros, no Bairro Abraão Lopes.

Com o governador Robinson Faria, a secretária da Sethas-RN, Julianne faria, vai inaugurar o Restaurante Popular de Jardim de Piranhas, no horário do almoço. A unidade, localizada no bairro Santa Cecília, vai oferecer diariamente 300 refeições ao preço de R$1 real. Com essa nova unidade, serão 30 Restaurantes Populares em todo o Estado, totalizando 21.500 refeições diárias.

Para finalizar a agenda de ações da Sethas-RN na região, será assinada em Caicó, às 17h, a ordem de serviço para instalação da Central de Comercialização do Artesanato do Seridó, no prédio da antiga Casa de Coletoria, na Rua José Hermínio, Bairro Paraíba.  A central vai beneficiar cerca 3 mil artesãos do Seridó. Nesta quinta-feira (16), a Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas-RN), levará uma série de ações para o Seridó, como parte da agenda que o Governo do RN vai realizar na região.

A primeira ação será na cidade de Jucurutu, onde serão entregues 600 cheques do programa Microcrédito do Empreendedor, com financiamentos de R$ 3 mil a R$ 6 mil, totalizando um investimento de quase R$ 2 milhões. Serão beneficiados pequenosempreendedores formais e informais dos seguintes municípios: Jucurutu, Triunfo Potiguar, Parelhas, Caicó, São Fernando e Carnaúba dos Dantas. O evento vai acontecer, às 10h30,no Ginásio Poliesportivo Francisco Eufrásio Medeiros, no Bairro Abraão Lopes.

Com o governador Robinson Faria, a secretária da Sethas-RN, Julianne faria, vai inaugurar o Restaurante Popular de Jardim de Piranhas, no horário do almoço. A unidade, localizada no bairro Santa Cecília, vai oferecer diariamente 300 refeições ao preço de R$1 real. Com essa nova unidade, serão 30 Restaurantes Populares em todo o Estado, totalizando 21.500 refeições diárias.

Para finalizar a agenda de ações da Sethas-RN na região, será assinada em Caicó, às 17h, a ordem de serviço para instalação da Central de Comercialização do Artesanato do Seridó, no prédio da antiga Casa de Coletoria, na Rua José Hermínio, Bairro Paraíba.  A central vai beneficiar cerca 3 mil artesãos do Seridó. Nesta quinta-feira (16), a Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas-RN), levará uma série de ações para o Seridó, como parte da agenda que o Governo do RN vai realizar na região.

A primeira ação será na cidade de Jucurutu, onde serão entregues 600 cheques do programa Microcrédito do Empreendedor, com financiamentos de R$ 3 mil a R$ 6 mil, totalizando um investimento de quase R$ 2 milhões. Serão beneficiados pequenosempreendedores formais e informais dos seguintes municípios: Jucurutu, Triunfo Potiguar, Parelhas, Caicó, São Fernando e Carnaúba dos Dantas. O evento vai acontecer, às 10h30,no Ginásio Poliesportivo Francisco Eufrásio Medeiros, no Bairro Abraão Lopes.

Com o governador Robinson Faria, a secretária da Sethas-RN, Julianne faria, vai inaugurar o Restaurante Popular de Jardim de Piranhas, no horário do almoço. A unidade, localizada no bairro Santa Cecília, vai oferecer diariamente 300 refeições ao preço de R$1 real. Com essa nova unidade, serão 30 Restaurantes Populares em todo o Estado, totalizando 21.500 refeições diárias.

Para finalizar a agenda de ações da Sethas-RN na região, será assinada em Caicó, às 17h, a ordem de serviço para instalação da Central de Comercialização do Artesanato do Seridó, no prédio da antiga Casa de Coletoria, na Rua José Hermínio, Bairro Paraíba.  A central vai beneficiar cerca 3 mil artesãos do Seridó. 

Por: Salatiel de Souza

Governo pensa liberar uso de dólar por ferrovias e portos

14.fevereiro.2017

Os futuros leilões de ferrovias e portos poderão ter regras para que parte das receitas das concessionárias seja usada para garantir empréstimos em moeda estrangeira.

Após encontrar uma solução para garantir um seguro contra variação cambial para o leilão de aeroportos, os técnicos do PPI (Programa de Parceria em Investimentos), órgão do governo responsável por estudar as concessões de infraestrutura com a área de Transportes, estudam formas para que outros setores também tenham proteção.

O ministro nomeado da Secretaria-Geral, Moreira Franco, disse que qualquer mecanismo que venha a ser criado não usará formatos atrelados à indexação da economia. No caso dos aeroportos, a solução foi uma compensação com receitas da concessão para os casos de variação da moeda, restrito aos empréstimos vindos do exterior.

"É operação de mercado. Não tem indexação em tarifa", afirmou Moreira.

EXTERIORA tentativa do governo é trazer dinheiro de bancos estrangeiros de fomento e de grandes fundos de pensão. Esses órgãos cobram juros mais baixos do que os praticados no Brasil, mas veem risco em emprestar para o país pela volatilidade da moeda.

Segundo Marcelo Allain, secretário de articulação do PPI, cálculos mostraram as oscilações do câmbio no Brasil não têm impacto relevante na viabilidade econômica da concessão, o que significa que as variações para cima compensam as quedas, no longo prazo. Mas as mudanças bruscas causam problemas de caixa para as empresas, o que significa que elas podem ficar sem recursos para o pagamento de uma prestação, por exemplo.

Para ferrovias e portos, os técnicos estudam permitir que receitas recebidas pelos futuros concessionários lastreadas ou em moeda estrangeira sejam usadas como garantia. Segundo Allain, ferrovias e portos têm cadeias de produção que são dolarizadas, facilitando a proteção.

Para rodovias, a solução é mais complexa, segundo Allain, visto que não há receitas em dólar e nem pagamento de outorgas. Mas o governo ainda tenta uma solução que evite a indexação. "Estamos quebrando a cabeça", disse Allain. Com informações da Folhapress.

Por: Salatiel de Souza