Protagonista de 'Todo Mundo Odeia o Cris' revela doença crônica

14.fevereiro.2017

O post de celebração do 'Valentine's Day' feito por Tyler James Williams nesta terça (14) foi um pouco inusitado. Ao se declarar para a namorada Anastasia, o astro de 'Todo Mundo Odeia o Cris' acabou revelando que sofre de uma doença crônica e agradeceu a moça por estar ao seu lado nas dificuldades.

"Eu nunca consigo tirar esta foto direito e toda manhã, nos últimos dois meses, eu fico frustrado porque eu não entendo como eu não consigo fotografar o que eu vejo. Para vocês que não sabem, eu tenho ido e vindo do hospital nos últimos dois meses após ser diagnosticado com a Doença de Chron. Este post não é sobre mim, então pesquise se você está curioso sobre o que é isto, estou melhor e no caminho da recuperação", revelou.

"Este post é sobre esta mulher deitada nesta cama. Ela fez o total de sete viagens ao pronto socorro nos últimos seis meses, cinco longas estadias no hospital, uma comovente travessia pelo país num voo, falou, brigou, e se posicionou por mim com mais médicos do que eu poderia contar. Cuidou do meu cachorro até o ponto em que eu acho que ele gosta mais dela do que de mim, disse não para o trabalho, me manteve mentalmente positivo não importa o procedimento chato que estivesse acontecendo no dia e nunca saiu do meu lado.

Ela dormiu em sofás de hospital, mas quando não havia nenhum sofá, ela juntou duas cadeiras, e quando não havia uma cadeira no pronto socorro, ela deitou no chão com um cobertor. Além disso, não importa o que acontecesse, neste ambiente nada familiar ou confortável, eu nunca acordei sozinho", continuou. "Chamar ela de uma boa mulher seria um insulto grave, tanto quanto esta foto é um insulto para a beleza magnifica que tem nela, se você não ler a legenda", disse.

"Como jovens adultos, nós gastamos a maior parte do nosso tempo tentando encontrar nosso sentido de paz e estabilidade no meio deste mundo louco. Ela é a minha e a cada manhã, quando abro meus olhos e o sol brilha, eu olho e a vejo, eu sei que não importa o que aconteça com o meu corpo, tudo vai ficar bem", encerrou. Segundo informa o UOL, a Doença de Chron é uma doença inflamatória gastrointestinal que não tem cura.

Por: Salatiel de Souza

Sônia Abrão detona Bruno Gissoni após boatos de traição: 'Molecagem'

14.fevereiro.2017

O ditado diz: "Em briga de marido e mulher não se mete a colher". Sônia Abrão ignorou o ditado e soltou o verbo nesta segunda (13) ao comentar a separação de Bruno Gissoni e Yanna Lavigne, grávida de seis meses do ator.

A separação foi anunciada pela assessoria dos envolvidos, depois de Bruno ser flagrado com outros mulheres na noite carioca.

Sônia não se conformou e criticou o rapaz. "Enquanto ela está em casa curtindo a gravidez, ele está na rua com amigas", alfinetou, segundo informações do RD1. 

"Não dá para olhar para uma foto dessas e achar que é só um papo com amigas. E ela, claro, depois que viu essas fotos, estando grávida do cara, não quis mais saber. […] A emenda é pior do que o soneto, porque a assessoria disse que ele ‘sentiu necessidade de estar com outras pessoas'", continuou, citando a foto em que o ator está num bar com uma mesa cercada de mulheres.

“A grávida é ela. A sensibilidade dela, quem já teve filho sabe o que é isso, é uma coisa completamente diferente do que se possa imaginar. […] É um comportamento imaturo, aí é que você fala que é molecagem”, disparou.

“Que história é essa, que leviandade é essa, que peso é esse que se dá para a relação neste momento tão especial. É isso que a gente questiona. Aqui não entra moralismo disso ou daquilo. Nada. É só se colocar no lugar dela e sentir o que ela deve ter sentido ao ver isso”, finalizou.

Após o anúncio da separação, Yanna Lavigne fez uma postagem em que simula uma conversa com a filha: "O mundo é muito barulhento", escreveu ela em seu Instagram.

Por: Salatiel de Souza

Reino Unido ignora petição e confirma visita de Trump

14.fevereiro.2017

O governo do Reino Unido confirmou nesta terça-feira (14) que o presidente norte-americano, Donald Trump, fará uma visita de Estado ao país nos "próximos meses", ignorando uma petição com cerca de 2 milhões de assinaturas contra o republicano.

O abaixo-assinado pedia para Londres tirar o status de "visita de Estado" da viagem de Trump, o que faria com que ele não fosse recebido, por exemplo, pela rainha Elizabeth II no Palácio de Buckingham. A iniciativa surgiu após o decreto que suspendeu por 90 dias a entrada nos EUA de cidadãos de sete países de maioria muçulmana e congelou o recebimento de refugiados por 120 dias - a ordem executiva foi bloqueada pela Justiça e é alvo de uma batalha nos tribunais.

"Estamos ansiosos para acolher o presidente Trump, uma vez que as datas e os detalhes forem definidos. O governo reconhece as fortes motivações dos numerosos signatários da petição, mas não a apoia", diz uma nota do Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido, acrescentando que o norte-americano tem direito a uma visita de Estado.

Em 27 de janeiro, a premier britânica, Theresa May, foi a primeira líder internacional a ser recebida por Trump na Casa Branca e convidou o republicano para ir a Londres. Os dois ensaiam uma aproximação em meio ao processo de saída do Reino Unido da União Europeia, um rompimento que agrada ao presidente dos EUA. (ANSA)

Por: Salatiel de Souza

Vaticano nega rumores sobre encontro entre Trump e Papa

14.fevereiro.2017

O Vaticano negou nesta terça-feira (14) rumores sobre um possível encontro entre o papa Francisco e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nos próximos meses.

Nos últimos dias, circularam boatos na imprensa italiana de que a reunião poderia acontecer por ocasião da próxima cúpula do G7, que será em Taormina, na Sicília, nos dias 26 e 27 de maio. No entanto, fontes vaticanas ouvidas pela ANSA dizem que nenhuma solicitação foi feita pela Casa Branca até agora.

Já ao diário "La Stampa" - um dos jornais que haviam cogitado um encontro durante o G7 -, funcionários da Santa Sé afirmaram que, quando o pedido chegar, as portas da Igreja estarão "abertas". O mesmo veículo afirma que Trump só solicitará uma audiência com o Papa após escolher seu embaixador no Vaticano.

No ano passado, ainda durante a campanha eleitoral nos Estados Unidos, Francisco chegou a dizer que qualquer pessoa que pense em construir um muro ao invés de criar pontes "não é cristã", em referência implícita à barreira prometida pelo republicano na fronteira com o México.

Poucos dias antes, o próprio Trump havia acusado o líder da Igreja Católica de ser "muito politizado", mas ambos amenizaram o tom logo depois. Enquanto Jorge Bergoglio, por meio de seu porta-voz, garantiu que não tinha questionado a fé do republicano, o agora presidente dos EUA chamou o Pontífice de "maravilhoso".

Após a posse de Trump, Francisco enviou uma mensagem pedindo a ele empenho na defesa da "dignidade humana e da liberdade no mundo". Contudo, desde então, algumas medidas tomadas pelo mandatário provocaram protestos na Igreja Católica, principalmente o veto a cidadãos de sete países de maioria muçulmana e o congelamento do acolhimento de refugiados.

Segundo o blog "Vatican Insider", o decreto ainda teve o efeito de unir a Igreja nos Estados Unidos, com críticas unânimes das alas conservadora e progressista. Por outro lado, a decisão de cortar o financiamento público a ONGs que promovam o direito ao aborto recebeu elogios, mas com reservas.

"Tomara que a mesma atenção dada à vida de quem ainda não nasceu seja adotada também em relação às vidas de quem foge da guerra ou busca um futuro melhor", disse ao blog um colaborador muito próximo ao Papa.

Recentemente, também surgiram notícias sobre a proximidade entre o estrategista de Trump, Steve Bannon, acusado de racismo e de ser supremacista branco, e o cardeal conservador Raymond Burke, patrono da Ordem de Malta e líder da oposição interna contra Francisco. (ANSA)

Por: Salatiel de Souza

30 dias após Alcaçuz: número de mortos e fugitivos é desconhecido

14.fevereiro.2017

Um mês após a maior rebelião já registrada no sistema penitenciário do Rio Grande do Norte, pelo menos mil detentos continuam soltos nos pavilhões destruídos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal. Outros 400 presos dividem 20 celas na Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, vizinha à Alcaçuz, de onde os internos fugiram para atacar os pavilhões ao lado. Dados oficiais apontam que 26 homens morreram e 56 fugiram, mas os números podem ser maiores.

Dos 26 presos mortos durante os 13 dias de confronto entre facções rivais que disputam o poder em Alcaçuz e Rogério Coutinho Madruga - Sindicato do Crime e Primeiro Comando da Capital -, quatro ainda não foram identificados.

Três deles foram totalmente carbonizados e a identificação dos restos mortais depende de exames de DNA que não são realizados pelo Instituto Técnico de Perícia (Itep/RN). A expectativa é de que amostras do que restou preservado das vítimas sejam encaminhadas para laboratórios no Ceará ou Distrito Federal.

Na semana passada, mais um crânio foi encontrado na área interna de Alcaçuz. Até hoje, 12 cabeças - em estado avançado de decomposição ou totalmente calcificadas - foram recolhidas do complexo prisional e também dependem de exames minuciosos para identificação.

Além dessas partes, outras como braços e pernas também esperam por exames mais detalhados. Dos 22 mortos identificados, 11 foram liberados para sepultamento sem a cabeça.

De acordo com a assessoria de imprensa do Itep/RN, os familiares reconheceram os corpos por tatuagens e, em seguida, foram realizados exames de confronto de impressão digital. Até hoje, familiares não foram ao Itep/RN reclamar a identificação das partes recolhidas após a rebelião.

A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc/RN) informou que 56 presos fugiram durante a rebelião. O número, porém, pode ser ainda maior, pois ao menos 20 apenados sumiram das duas penitenciárias e o governo do Estado não sabe se eles morreram, fugiram ou saíram das cadeias por força de alvará de soltura.

Futuro

Em coletivas de imprensa após a rebelião, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, anunciou que vai desativar Alcaçuz. A penitenciária, inaugurada no final da década de 1990, foi concebida para ser de segurança máxima e tinha capacidade oficial para abrigar 620 apenados.

No dia da rebelião, em 14 de janeiro, a Penitenciária Estadual de Alcaçuz abrigava cerca de 1,2 mil homens. Desde março de 2015, após as primeiras grandes rebeliões na unidade, os presos circulam livremente pelos pavilhões. Não há prazo para que as celas sejam reconstruídas.

As ações emergenciais para reforçar a segurança no complexo prisional e dividir as duas penitenciárias por meio da construção de um muro custarão R$ 794 mil ao governo do Rio Grande do Norte. Com informações do Estadão.

Por: Salatiel de Souza

Enjoa rápido da cor do seu carro? Veja o que a Lexus fez em NY

14.fevereiro.2017

A Lexus, marca de luxo da japonesa Toyota, fez um teste para quem enjoa rápido da cor do seu carro. Eles apresentaram em Nova York, nos Estados Unidos, uma carroceria com lâmpadas de LED.

Alguns podem achar um tanto moderno demais, mas o que os quase 42 mil pontos de LED inteligentes faz é fantástico: eles mudam de cor de acordo com a música e reagem a gestos com as mãos, como informa o AutoEsporte.

Os testes foram realizados duante a New York Fashion Week, a semana da moda na cidade americana. Estilistas, modelos e convidados do evento foram transportados nesses veículos. As cores faziam parte das coleções de alguns participantes do evento.

Por: Salatiel de Souza

Recepção aos novos estudantes marca abertura do ano letivo 2017

14.fevereiro.2017

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do RN celebra o início do ano letivo de 2017 em grande parte das 604 escolas que compõem a Rede Estadual de Ensino. Para marcar a abertura das aulas, a secretária de Educação, professora Cláudia Santa Rosa, participou do evento de acolhimento aos novos alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Senador Jessé Pinto Freire, localizado no bairro Petrópolis, em Natal.

Diante de um auditório lotado, a professora Santa Rosa lembrou que o início de um novo ciclo de estudos representa a oportunidade de alcançar o sucesso pessoal e que fazer parte do grupo de alunos que tem acesso ao ensino técnico é uma realidade que será expandida com os novos centros profissionais. “Para cada um de vocês, a equipe do CENEP, juntamente com todos nós que fazemos a SEEC, dedicou-se para ofertar o melhor ensino possível para que seus sonhos sejam alcançados por meio dos estudos”, disse a secretária. “O Ensino Técnico, bem como as escolas de tempo integral, serão expandidos no RN porque temos esse compromisso com o ensino e as metas do Plano Estadual de Educação”, concluiu a professora Cláudia Santa Rosa.

A diretora do CENEP, professora Marcelle Noronha, lembrou que a instituição passa a ofertar a educação em tempo semi-integral. “Durante dois dias da semana, os estudantes passarão das 7h30 até às 17h na escola. Com isso, eles terão mais tempo para desenvolverem as atividades que o eixo tecnológico exige. Nesses dias a escola oferta toda a estrutura necessária para a permanência dos alunos, como três refeições”, destacou a educadora.

Para 2017, mais de 290 mil vagas foram ofertadas, distribuídas em 16 regiões do Estado. Além das escolas de ensino regular, os estudantes contarão, neste ano letivo, com 17 escolas de ensino fundamental ofertado em tempo integral e 18 de ensino médio de tempo integral. “O momento é de avançarmos com o Tempo Integral, o Estado está criando as condições para que isso seja possível e não pode deixar essa oportunidade de lado”, declarou Cláudia Santa Rosa aos estudantes, professores e gestores do CENEP.

As escolas que ofertarão cursos técnicos terão suas aulas iniciadas no começo de março e a partir desta terça (14) inicia-se por meio do SIGEduc as matrículas para os Centros Estaduais de Educação Profissional. O aluno deve acessar a página do sistema, escolher um dos sete centros disponíveis, preencher com dados pessoais e aguardar as orientações que serão dadas pelo sistema. A matrícula ocorrerá até sexta-feira (17).

Informações: 3232-1324 / 98864-4630 / 99649-4887

Por: Salatiel de Souza

Nokia quer ressuscitar o 3310, o famoso ‘tijolão’

14.fevereiro.2017

A Nokia está planejando relançar o modelo 3310, conhecido por muitos no Brasil como “tijolão”. Pelo menos é o que crava Evan Blass, redator do VentureBeat, conhecido no mundo tecnológico por revelar informações quentes no setor.

Como bem lembrou o Olhar Digital, o Nokia 3310 fez bastante sucesso e é considerado um ícone da empresa finlandesa. Em tempos de smartphones frágeis, usuários chegam a sentir saudades do antigo modelo, visto por muitos como indestrutível.

A Nokia deve confirmar o retorno do 3310, lançado originalmente nos anos 2000, durante o Mobile World Congress, que acontecerá este mês em Barcelona, na Espanha. O aparelho ressuscitado não deve perder resistência e ainda deve vir com aquela bateria que durava cerca de três dias. Já o preço deve ficar entre R$ 190 e R$ 200.

Por: Salatiel de Souza

Rússia desenvolve nave multiuso para turismo espacial

14.fevereiro.2017

De acordo com Pavel Pushkin, diretor da KosmoKurs, a data dos primeiros testes depende dos avanços no projeto, mas, conforme os dados preliminares, os voos de teste podem ser realizados em 2019-2020. E já em 2018 será aberta a lista de reservas para comprar passagens. O preço anunciado é de 200-250 mil dólares (de R$ 622 a R$ 777). O primeiro voo de teste será realizado sem passageiros.

"Nós já recebemos vários pedidos de cidadãos russos que querem viajar. Duas pessoas expressaram a vontade firme de voar e estão esperando os primeiros exames médicos", afirmou Pushkov.

Para garantir a segurança e o bem-estar dos turistas, estes só poderão voar depois de passar um programa de preparação de três dias e exames médicos.

O primeiro passo, destaca Pushkov, será a comissão médica para perceber se a pessoa pode aguentar o voo espacial. Depois, durante a preparação no cosmódromo serão realizadas consultas finais.

"Para estas fins serão chamados especialistas na área da medicina espacial, que darão as recomendações para os voos. Ninguém deixará voar uma pessoa que tenha contraindicações. Por isso, estamos interessados em testes objetivos e independentes", frisou o diretor da KosmoKurs.

Destaca-se também que ainda não foi aprovado o contato de seguro, mas, conforme o exemplo dos Estados Unidos, a legislação de seguros deverá ter cláusulas sobre voos espaciais. A legislação norte-americana pressupõe que o turista assine um contrato, não podendo (ele ou seus familiares) se queixarem em caso de danos físicos o de morte.

O cosmódromo a partir de qual será lançada a primeira espaçonave ainda não foi escolhida. Estão sendo considerados o Kapustin Yar (no sul da Rússia) ou o Baikonur. A infraestrutura terrestre, além do base do lançamento, exige um complexo técnico, área da aterrissagem e hotéis para turistas e centros de preparação.

O turista espacial poderá realizar um voo de 15 minutos com um grupo de 6 pessoas. Depois de nave alcançar a altitude de cerca de 100 km sobre a Terra cada turista passará 5-6 minutos em situação de imponderabilidade.

Pavel Pushkin assegurou que todo equipamento de voo será elaborado conforme as exigências mais altas de segurança e conforto.

Falando da atividade da SpaceX e das últimas falhas durante o lançamento, o diretor da KosmoKurs indicou as causas principais dos fracassos enfrentados pela companhia.

"Os danos principais da SpaceX foram provocados pelo esquema de aterrissagem muito dura. Há outra companhia americana, a Blue Origin, que usa um esquema mais suave, para o qual estamos nos orientando", explicou Pavel Pushkin, frisando que a colaboração entre a KosmoKurs e várias empresas estrangeiras é muito provável. (Sputnik)

Por: Salatiel de Souza

Nota de esclarecimento

14.fevereiro.2017

A respeito do aumento da arrecadação de ICMS no mês de janeiro e dos efeitos da crise econômica nas finanças do Rio Grande do Norte, o Governo do RN esclarece que:

A arrecadação total do Estado é composta pelo somatório das Receitas Próprias (principalmente ICMS e IPVA) e das Transferências da União (especialmente FPE e Royalties);

O ICMS equivale a aproximadamente 50% da Arrecadação Total do Estado;

Mesmo com o aumento de R$ 8,5 milhões na arrecadação do ICMS em janeiro de 2017 em comparação ao mesmo período de 2016, a Arrecadação Total do Estado registrou uma queda de R$ 42,7 milhões em relação ao previsto no Orçamento 2017.

Somente o FPE registrado em janeiro de 2017 caiu R$ 39,7 milhões no comparativo com a previsão orçamentária para este ano.

Além da frustração de Receitas, o Governo também pagou em janeiro parte do duodécimo dos Poderes referente ao mês de dezembro, o 13º salário dos servidores e 1/3 de férias da Educação;

O Governo do RN ressalta o trabalho destacado da equipe de arrecadação fiscal do Estado, reafirma à sociedade que segue concentrando todos os esforços para reduzir os efeitos da crise econômica do país no Rio Grande do Norte e, espera, o mais breve possível, recolocar os salários dos servidores e demais compromissos em dia.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Por: Salatiel de Souza

Júlio Protásio abre matrículas para cursos gratuitos de Informática e preparatório do Enem

13.fevereiro.2017

Com 67 alunos aprovados no Sisu, Júlio Protásio está oferecendo cursos gratuitos de Informática Básica e Avançada e o Cursinho Preparatório para o Enem 2017. As matrículas iniciam nesta segunda-feira (13) e serão realizadas por telefone (84) 3232-8828 ou presencialmente no gabinete da vereadora Ana Paula, localizado na Câmara Municipal de Natal. Os cursos são oferecidos à população há 15 anos. 

As aulas do Cursinho Preparatório para o Enem começam no dia 03 de março. Na edição de 2016, foram aprovados no Sisu 67 estudantes. As aulas do cursinho preparatório para o Enem acontecem aos sábados, na Faculdade Maurício de Nassau – unidade Roberto Freire e, conta com todas as disciplinas e os melhores professores da cidade especializados na preparação para o ingresso em instituições de nível superior.

Para o curso de Informática serão oferecidas três turmas: turma Básica – windows, word e internet – com aulas ministradas em duas turmas na Zona Sul; e a turma Avançada – Excel – aos sábados. Todo o material é gratuito e as aulas acontecem nos laboratórios de informática com salas climatizadas e computadores novos. Em 2016, mais de 950 pessoas receberam o certificado de qualificação profissional.

Na edição de 2017 os cursos recebem apoio da vereadora Ana Paula e a Faculdade Maurício de Nassau. O trabalho voltado para a educação de Júlio Protásio vem sendo desenvolvido em Natal há 15 anos à população de Natal e região metropolitana “Tenho compromisso com a educação e inclusão digital, e os cursos são voltados para as pessoas mais carentes. Meu objetivo é oferecer uma formação gratuita e eficaz”, disse Protásio.

Por: Salatiel de Souza

Tomografias mostram fraturas em 4 costelas de Luiza Brunet

14.fevereiro.2017

O suposto caso de agressão envolvendo Luiza Brunet e o ex-marido Lírio Parisotto começa a se esclarecer na Justiça. A ex-modelo acusa o empresário de ter quebrado suas costelas, durante um briga protagonizada pelos dois em Nova York, nos Estados Unidos.

Segundo informações do G1, tomografias das costas de Luiza mostram "fratura sem desvio significativo, da porção ântero-lateral do 7º ao 10º arcos costais à direita, com formações de calos ósseos incipientes", diz o laudo.

Nesta segunda-feira, o julgamento de Parisotto será retomado. Na ocasião deverão ser ouvidas duas testemunhas do caso. Luiza foi ouvida em novembro do ano passado e confirmou que apanhou do empresário duas vezes.

Neste ponto do julgamento, o empresário não é obrigado a comparecer no Fórum, entretanto, estando lá, ele pode dar sua versão dos fatos.

Acusado de lesões graves e leves, Lírio alegou, em julho do ano passado, que agiu para se defender de Luiza Brunet.

Por: Salatiel de Souza

Defesa de Lula e Moro se desentendem em depoimento

14.fevereiro.2017

José Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras, prestou depoimento nesta segunda-feira (13), como uma das testemunhas do ex-presidente Lula na ação que investiga o caso do tríplex. Segundo o G1, a defesa do petista acusou o juiz Sérgio Moro de fazer “perguntas de um inquisidor, e não as perguntas de um juiz”.  

Como lembra a reportagem do portal, o Ministério Público Federal (MPF), foram pagos a Lula o equivalente a R$ 3,7 milhões como propina, através de três contratos com a OAS. O depoimento de hoje foi feito por videoconferência de Salvador (BA).  

O desentendimento entre Moro e a defesa de Lula ocorreu quando surgiu a pergunta sobre a razão pela qual Nestor Cerveró foi substituído por Jorge Zelada na diretoria internacional da Petrobras. Estavam presentes, em Curitiba, três advogados de Lula: Cristiano Zanin Martins, Juarez Cirino dos Santos e June Cirino dos Santos.  Além deles, os advogados do ex-presidente da Construtora OAS, André Szesz e Flávia Penna Guedes Pereira; os advogados do presidente do Instituto Lula Paulo Okamotto, Anderson Bezerra Lopes e Vinicius Ferrari de Andrade; o advogado de Sylas Kok Ribeiro, representando Roberto Moreira Ferreira, ligado à OAS.  

Confira o trecho completo do diálogo: 

Defesa: Há um limite excelência. 

Sérgio Moro: Eu estou fazendo as perguntas. 

Defesa: Vossa excelência está insistindo. 

Sérgio Moro: Eu estou fazendo as perguntas, doutor. Não estou induzindo a testemunha. 

Defesa: É a quinta pergunta. Ele já respondeu. 

Sérgio Moro: Eu ouvi pacientemente as perguntas da defesa e do Ministério Público, eu estou fazendo as minhas perguntas. Certo? 

Defesa de Lula: Mas as suas perguntas são as perguntas de um inquisidor, e não as perguntas de um juiz. 

Sérgio Moro: Doutor, respeite o Juízo. 

Defesa: Vossa excelência respeite então a ordem processual. 

Sérgio Moro: respeite o juízo. 

Por: Salatiel de Souza

Associações de delegados pede a Temer troca de diretor-geral da PF

14.fevereiro.2017

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) enviou ao presidente Michel Temer uma sugestão de nomes para substituir o atual diretor-geral da corporação, Leandro Daiello. O pedido de troca foi protocolado nesta tarde no Palácio do Planalto no comando da PF e contém uma lista tríplice aprovada em maio do ano passado pelos membros da associação.

Os delegados querem aproveitar a licença do atual ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, após ter sido indicado por Temer para o Supremo Tribunal Federal, para cobrarem autonomia da PF e reforço à Operação Lava Jato.

De acordo com José Augusto Versiani, membro da direção da associação a escolha de um diretor-geral pela própria categoria é importante para que a população saiba que as operações de combate à corrupção terão continuidade. Ele cita como exemplo o cargo máximo do Ministério Público, onde se tornou praxe há alguns anos a nomeação do procurador-geral da República pertencente a lista tríplice promovida pela Associação Nacional dos Procuradores da República.

Os delegados Érika Marena, Rodrigo de Melo e Marcelo Eduardo Freitas foram selecionados para a lista tríplice em 2016, ainda durante a interinidade de Temer na Presidência. Da eleição, participaram 1.338 delegados dos 2.257 membros da ADPF. No documento encaminhado a Temer, a associação aponta a saída de Daiello como “necessária” e justifica que a atual direção está no cargo há seis anos “sem modernização e avanços na gestão”.

“Em assembleia na sexta-feira passada, 70% dos delegados que estiveram [presentes] no Brasil inteiro disseram que é necessária uma renovação da Polícia Federal”, disse Versiani ao ser perguntado se a ADPF é contra a permanência de Daiello à frente da instituição. “Nós esperamos que neste momento crítico, em que são colocadas tantas dúvidas quanto à lisura e mesmo a continuidade da Operação Lava Jato, que o presidente saiba da necessidade de uma ação efetiva para garantir à população brasileira que será dada a continuidade e que a atuação da Polícia Federal será cada vez mais isenta, respeitada e autônoma”.

Lava Jato

Versiani não descartou que o movimento por mudança na corporação tenha ganhado força após a notícia da saída do delegado Márcio Anselmo da Força Tarefa da Lava Jato. Segundo ele, outros três delegados que deixaram Curitiba anteriormente eram “considerados principais para o começo da Lava Jato”.

“O delegado Márcio é um excelente delegado. Ele é o pai da Operação Lava Jato, é muito respeitado. A pergunta é: por que ele alega estar cansado e não o procurador Delton Dallagnol [coordenador da força tarefa pelo Ministério Público]? Por que a parte do Ministério Público Federal em Curitiba está de vento em polpa, continua trabalhando, e você vê esse tipo de crise interna na Lava Jato em Curitiba?”, questionou.

Na semana passada, o presidente da associação, Carlos Eduardo Sobral, também lamentou a saída de Márcio Anselmo e a creditou à “falta de apoio da direção geral”, o que o teria levado ao “esgotamento físico e mental”. Com informações da Agência Brasil. 

 

Por: Salatiel de Souza

Ações da Vale disparam e Bolsa fecha no maior nível em quase 5 anos

14.fevereiro.2017

 

Resultado de imagem para acoes da vale disparam no mercado

As ações da mineradora Vale dispararam nesta segunda-feira (13) e levaram a Bolsa brasileira ao maior patamar em quase cinco anos, perto dos 67 mil pontos. O dólar fechou praticamente estável, cotado a R$ 3,11.

O Ibovespa fechou em alta de 1,27%, para 66.967 pontos, o maior nível desde 20 de março de 2012. O volume financeiro da sessão foi de R$ 8,4 bilhões, acima da média diária do ano, que é de R$ 7,06 bilhões.

As ações da Vale foram as mais negociadas no pregão e dispararam mais de 6%, impulsionadas pelo avanço de 6,5% dos preços do minério de ferro -no quinto dia seguido de alta da commodity.

Os papéis preferenciais da mineradora avançaram 6,79%, para R$ 33,35 -o maior valor desde 6 de novembro de 2013. As ações ordinárias subiram 9,18%, para R$ 35,81, o nível mais elevado desde 9 de dezembro de 2013.

A Bradespar, acionista da mineradora, também se beneficiou da disparada e registrou a segunda maior alta do Ibovespa, com avanço de 7,66%. "Vale e siderúrgicas têm um peso relevante no índice, mais de 10%, e acabaram puxando o Ibovespa, com o minério subindo para o maior patamar em quase três anos", afirma Samuel Torres, analista da Spinelli Corretora.

No ano, as ações da mineradora registram forte valorização. Os papéis preferenciais sobem quase 43% e os ordinários, cerca de 40%.As ações da Petrobras fecharam o dia em alta, ainda sob impacto do upgrade da agência de classificação de risco Standard & Poor's, anunciado na sexta-feira.

"Algumas casas importantes revisaram as recomendações de compra para a Petrobras e veio um fluxo externo para a empresa, o que ajudou as ações", afirma Thiago Souza, gestor de recursos da Mapfre Investimentos.

Os papéis preferenciais da estatal fecharam o dia em alta de 0,26%, para R$ 15,62. As ações ordinárias subiram 1,28%, para R$ 16,56. A alta ocorreu apesar da desvalorização dos preços do petróleo no exterior, afetados pela perspectiva de aumento da produção de petróleo nos Estados Unidos.

Outro destaque do pregão foram as ações da BB Seguridade, que subiram após a empresa ter alta de 6% no seu lucro líquido no quarto trimestre na comparação anual, para R$ 1,074 bilhão. O resultado, embora em linha com o esperado pelo mercado, levou os papéis da companhia a subir 3,48%.

No setor financeiro, os papéis de bancos fecharam com sinais mistos. As ações do Itaú Unibanco caíram 0,47% e as ações ordinárias do Bradesco recuaram 0,16%. As ações preferenciais do banco tiveram alta de 0,28%, e os papéis do Banco do Brasil se valorizaram 0,64%.

As units -conjunto de ações- do Santander Brasil fecharam em alta de 3,10%. Desde o início do mês, acumulam avanço de 13,6%.

DÓLARO dólar fechou em leve alta em relação ao real, cotado a R$ 3,11. O dólar à vista, referência no mercado financeiro, teve alta de 0,07%, para R$ 3,114. O dólar comercial fechou com avanço de 0,03%, para R$ 3,110.

"O mercado nesse último mês está se mantendo estável, não passa do piso de R$ 3,10. Essa baixa cotação acaba atraindo compradores, o que faz com que haja uma pressão de alta em alguns momentos, mas depois retorna para esse patamar", afirma Tarcisio Rodrigues, diretor de câmbio do Banco Paulista.

A entrada de recursos de captações internacionais vista na semana passada já está no preço do dólar, avalia o especialista. Para ele, o Banco Central não deve rolar os contratos de swap cambial que vencem em março, pela leitura de que o mercado não precisa de proteção contra volatilidade atualmente.

No mercado de juros futuros, os DIs fecharam com sinais opostos nesta segunda. O contrato com vencimento em abril de 2017 recuou de 12,304% para 12,285%. O DI com vencimento em janeiro de 2018 caiu de 10,665% para 10,655%. O contrato com vencimento em janeiro de 2021 teve queda de 10,260% para 10,240%.O CDS (credit default swap) de cinco anos brasileiro, espécie de seguro contra calote e termômetro de risco, caiu 4,79%, para 217,064 pontos. Com informações da Folhapress.

Por: Salatiel de Souza