terça-feira, 5 de junho de 2018

Próximo de Romário, Neymar minimiza artilharia da Seleção

Foto Getty Images)
O golaço que marcou na vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Croácia fez Neymar se aproximar de Romário na lista de maiores artilheiros da história da Seleção. O camisa 10 chegou a 54 gols, um a menos que Romário — que está em terceiro lugar na lista, atrás de Pelé e Ronaldo. Questionado pelos jornalistas após a partida, Neymar minimizou o feito.
“São só números”, disse o jogador. “Eles são meus ídolos, estão aqui antes de mim, e quando se trata de ídolos, creio que nunca serei melhor que eles. Assim, respeito a cada um, Romário, Zico, Ronaldo e Pelé, porque são meus ídolos.”
Pelé é o primeiro da lista, com 77 gols em 92 jogos, seguido por Ronaldo, com 62 gols em 99 jogos, e por Romário, com 55 gols em 70 jogos. Neymar balançou a rede 54 vezes em 84 partidas disputadas pela Seleção, enquanto Zico, que fecha o top 5, marcou 48 gols em 71 jogos.
“São só números”, repetiu Neymar. “Tenho que ajudar equipe a marcar gols. Não quero ser melhore que eles e nem acredito que serei. Cada um tem sua própria historia e cada um sabe sua importância para a Seleção. Estou muito feliz pela gols”, acrescentou.
com informações de yahoonotícias