sexta-feira, 27 de julho de 2018

Agenda Cultural da Prefeitura tem samba, espetáculo infantil e show com artistas potiguares

Chegou fim de semana e com ele as opções culturais de qualidade através das ações da Prefeitura do Natal, via projetos incentivados pela Lei Djalma Maranhão e ações desenvolvidas pela Secretaria de Cultura de Natal (Secult/Funcarte), dentro do Cultura na Cidade. Para este fim de semana, espetáculo infantil, arte urbana, samba à beira mar e shows de artistas potiguares. Confira a agenda:
SÁBADO (28)
Samba em Ponta Negra
Neste sábado (28), a partir das 16h, tem o projeto SambaNegra, que apresenta nomes locais do samba com show gratuito à beira-mar de Ponta Negra. Nesta edição, presenças de Adilson Bispo, Debinha Ramos & Roda de Bambas e Preto no Branco. Os shows acontecem no Deck de Ponta Negra (de frente ao Astral Sucos). O projeto é incentivado pela Lei Djalma Maranhão, da Prefeitura do Natal e a entrada é franca.
SÁBADO (28)
Batalha dos Mc’s e arte urbana
No Espaço Cultural Jesiel Figueiredo (Gramoré), a partir das 19h, tem mais edição da “Batalha do Vinho”. Trata-se de um duelo entre Mcs e Djs que reúne diversas tribos de artes urbanas na Zona Norte de Natal. Desde o hip hop, rap, passando pela sonoridade regional, grafitti e skate. A ação semanal da Batalha dos Mc’s é uma ação da Secretaria de Cultura de Natal, dentro do Cultura na Cidade. INÍCIO: 19h. ENTRADA FRANCA
DOMINGO (29)
O Mágico de Oz
O Bosque Encena deste domingo apresenta o espetáculo O Mágico de Oz. A “Cia Era Uma Vez” exibe uma versão moderna desse clássico que fala sobre amizade, lealdade e companheirismo. Dorothy é uma menina do Kansas que sonha com um mundo perfeito e sem problemas, até que embarca em uma incrível jornada. Uma linda e lúdica história, com músicas contagiantes.O projeto Bosque Encena acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal através da Lei Djalma Maranhão. ENTRADA FRANCA. O acesso ao Parque custa R$ 1.00
DOMINGO (29)
Trio Emboscada no Som da Mata
O Som da Mata desse domingo recebe o Trio Emboscada. O trio executará, além de músicas autorais, um repertório que passeia por diversos gêneros da cultura popular: do caboblinho ao samba, do rastapé ao ijexá, em releituras únicas de artistas nacionais e regionais. O projeto Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal através da Lei Djalma Maranhão. ENTRADA FRANCA. O acesso ao Parque custa R$ 1.00