quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Mais de 5 milhões de crianças não se vacinaram contra pólio e sarampo

Vacinação contra sarampo e poliomielite vai até o dia 31 de agosto

Vacinação contra sarampo e poliomielite vai até o dia 31 de agosto

Agência Brasil
O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (22) que mais de 5 milhões de crianças ainda precisam ser vacinadas contra o sarampo e a poliomielite em sete dias de vacinação – a campanha vai até 31 de agosto e os postos abrem de segunda sexta.

De acordo com o boletim do governo, 44% do público-alvo, que são crianças entre 1 e 4 anos, não foi imunizado em todo o Brasil.

O Brasil tem 1.428 casos de sarampo, segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (21).
A maioria dos casos ocorre no Amazonas. São 1.087 confirmados e 6.693 suspeitos. Em seguida está Roraima, que também registra surto da doença, com 300 casos confirmados e 67 em investigação.

Os demais casos são considerados isolados, ou seja, importados desses Estados, e ocorrem em São Paulo (2), Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (16), Rondônia (1), Pernambuco (2) e Pará (2).  

Até o dia 22 foram aplicadas 12,5 milhões de doses das vacinas contra a pólio e sarampo (cerca de 6,2 milhões de cada). A meta do Ministério é vacinar ao menos 95% das 11,2 milhões de crianças independentemente da situação vacinal, criando assim uma barreira sanitária de proteção contra a disseminação da doença.

Roraima, que faz fronteira com a Venezuela, da onde o vírus do sarampo foi importado, segundo o Ministério, registra surto da doença, com 300 casos, e atingiu até o momento apenas 35,41% da meta.

O Rio de Janeiro, terceiro Estado mais populoso do Brasil e que apresenta 18 casos de sarampo, é o local com menor cobertura vacinal: 36,27% para pólio e 37,62% para sarampo. Em seguida, figura o Pará, com 41,04% para pólio e 41,04% para o sarampo.

Já os Estados com maior cobertura vacinal são Rondônia, com 88,89% para a pólio e 87,42% para o sarampo, e Amapá, com 82,74% para a pólio e 82,58% para o sarampo.

com informações do R7.com