quinta-feira, 29 de novembro de 2018

'Parabéns à Lava Jato', diz Bolsonaro sobre prisão de Pezão



 Foto:  Fátima Meira/Futura Press
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) parabenizou a operação Lava Jato ao comentar a prisão do governador do Rio Luiz Fernando Pezão (MDB) nesta quinta-feira (29). O capitão da reserva disse ainda que com Sergio Moro à frente do Ministério da Justiça no seu governo, todos os brasileiros sentirão os reflexos do combate à corrupção.
“Parabéns à Lava-Jato. O recado que eu estou dando a vocês é a própria presença do Sergio Moro no Ministério da Justiça, com todos os meios, inclusive o Coaf, para combater a corrupção. Ele pegou o o Ministério da Justiça. É integralmente dele o ministério, sequer influência minha existe em qualquer cargo no ministério”, disse o futuro presidente, ressaltando ter dado carta branca para o ex-juiz da Lava Jato.
Nesta manhã, Bolsonaro participou da cerimônia de formatura do curso de aperfeiçoamento de oficiais. Antes, se encontrou com o assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, para quem prestou continência.
Pezão foi preso hoje por volta das 6h, no Palácio Laranjeiras, acusado de receber propina milionária. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, “há registros documentais, nos autos, do pagamento em espécie a Pezão de mais de R$ 25 milhões no período 2007 e 2015”. Em valores atualizados, o montante é de cerca de R$ 39 milhões.
com informações de yahoonotícias